Fotógrafa cria projeto que fotografa modelos amputadas

Acesse: www.cacadominiquini.net
Visualizado 416 vezes
Fotógrafa cria projeto que fotografa modelos amputadas
Avalie este conteúdo

Fotógrafa de Campinas criou série que valoriza a beleza e resgata a autoestima de mulheres amputadas.

Cacá Dominiquini é fotógrafa de famílias e retratos em Campinas. Atuando no mercado desde 2009, ela lançou o projeto Inspiração. Tratam-se de ensaios voltados para mulheres amputadas que buscam valorizar a beleza, resgatar a autoestima e estimular a inclusão social e a diversidade.

Cacá-Dominiquini
A fotógrafa Cacá Dominiquini

O projeto ainda está acontecendo e é um trabalho voluntário. Já fotografei 11 modelos e pretendo fotografar muito mais até perceber que o projeto chegou ao fim;  muitas meninas estão entrando em contato comigo, de outras cidades e até outros países.  Administro dois canais na rede, uma fanpage e um instagram exclusivos para o projeto. Nesses canais,  além de postar as fotos das mulheres, posto informações sobre o universo da amputação, vídeos explicativos com as histórias de cada modelo, frases inspiradoras. Pretendo também fazer uma exposição e um livro com as fotos e as histórias de cada uma. Também tenho em mente procurar profissionais da saúde (que possam ser parceiros), para informar com textos e vídeos sobre saúde as pessoas amputadas. Mas para isso, estou em busca de patrocínio e ajuda para poder fotografar fora de Campinas e também imprimir as fotos e o livro. Atualmente conto com a ajuda de alguns maquiadores e cabeleireiros.

3

Vou contar agora à vocês como nasceu esse projeto e como ele está fazendo bem a todos…

Eu sempre quis fazer um projeto autoral, um projeto que fosse meu e que eu pudesse ter a liberdade de fotografar, sem expectativas ou cobrança de clientes, em que eu pudesse experimentar e fazer tudo do meu jeito.  Então, resolvi que iria fotografar pessoas com deficiência. Mas já existem muitos projetos assim e eu queria fazer algo diferente, único. De repente, surgiu na minha mente: por que não fotografar mulheres amputadas?  Imagino que pessoas que se tornaram deficientes, que perderam algum membro, passem por um período de aceitação, de reconhecimento desse novo corpo. A meu ver, é diferente de pessoas que nasceram com alguma deficiência.

Acesse: www.cacadominiquini.net
Acesse: www.cacadominiquini.net

Então fui em busca das minhas meninas no Google. Digitei assim: “Mulheres amputadas em Campinas”. O resultado da busca foram algumas clínicas de próteses ou empresas relacionadas. Mas eu não queria entrar em contato com eles e decidi que iria encontra-las de outro jeito. Depois de muito pensar, fui ao facebook e procurei por grupos de amputados (existem pouquíssimos grupos). Pedi para entrar em todos eles. Para minha surpresa, a administradora de um dos grupos veio falar comigo inbox, perguntando se eu era amputada e o que queria ao entrar no grupo. Achei meio estranho, ela me disse que existem pessoas que entram nos grupos com perfis falsos ou são devotos. Eu não entendi muito bem, mas expliquei sobre o meu projeto e ela me deixou entrar. Assim que entrei no grupo, postei um texto explicando sobre a ideia do projeto e meu contato. O post foi sendo respondido e assim criei um grupo de whatsapp com as interessadas.

Acesse: www.cacadominiquini.net
Acesse: www.cacadominiquini.net

Percebi que o assunto “AMPUTAÇÃO” é um tabu na nossa sociedade. Além das pessoas não falarem e não se preocuparem com o assunto, há muita discriminação e preconceito. Eu lido muito bem com essa questão, não tenho preconceito e as trato como pessoas comuns. Senti isso na pele quando fui almoçar com duas meninas no dia do ensaio. Ambas usavam próteses coloridas e me mostraram como as pessoas olham, cochicham e apontam. Elas me disseram que isso acontece regularmente quando saem de casa. Eu senti o que elas passam todos os dias… Conversando com muitas delas descobri que elas não querem que as pessoas tenham dó ou pena delas, o que elas esperam é viver numa sociedade que as aceita e as inclua.

Acesse: www.cacadominiquini.net
Acesse: www.cacadominiquini.net

Em nosso grupo do whats, fui conhecendo as meninas, suas histórias, suas dificuldades e obstáculos que enfrentam nesse universo. Pude conhecer histórias inspiradoras e de muita força de vontade e superação. No nosso grupo estão atletas paraolímpicas (nadadoras, corredoras) e também mulheres que tem filhos, trabalham e vivem uma vida normal, além da nossa “chaveirinho”, a Duda de 13 anos que sonhava em ser modelo e teve os 4 membros amputados por causa de uma bactéria que quase a levou à morte. As causas das amputações são diversas: doenças como câncer, osteomielite, infecções generalizadas ou então acidentes de moto, carro, etc. Para conhecer as histórias a fundo, visitem nossa fanpage!

Acesse: www.cacadominiquini.net
Acesse: www.cacadominiquini.net

Sinto que estou alçando o objetivo do projeto! O mais gratificante e inspirador é ver o vídeo de depoimento das meninas, contando como elas se sentiram especiais e bonitas ao participar do projeto e das fotos.  Não existe nada que pague o sentimento de estar fazendo o bem a outra pessoa e ver a felicidade nos olhos dela.

Fonte: Fhox

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »