7 professoras youtubers incríveis que você deveria conhecer

Visualizado 553 vezes
7 professoras youtubers incríveis que você deveria conhecer
Avalie este conteúdo

Neste Mês da Mulher, iniciamos a campanha “Mulheres Inspiradoras”, cujo objetivo é enaltecer e contar histórias e feitos de grandes nomes femininos no Brasil.

Pensando nisso, selecionamos sete canais no YouTube (todos em português) protagonizados por professoras incríveis que ensinam sobre variados temas, de gramática a biologia, e fazem da internet uma sala de aula muito mais democrática. Confira só:

1 – BIOLOGIA OSTENTAÇÃO

Com método educacional descontraído e musical, a professora de biologia Pamela Von Zak faz sucesso ao publicar suas paródias em sala de aula. Ela também publica dicas sobre a disciplina e resumos para o Enem.

2 – REDAÇÃO E GRAMÁTICA ZICA

Comandado pela professora mestre Pamella Brandão, mais conhecida como Pamba, o canal traz dicas gratuitas de redação e gramática para Enem, vestibulares e concursos públicos.

3 – ENGLISH IN BRAZIL

A professora de inglês Carina Fragozo ensina pronúncia, gramática, vocabulário e também compartilha dicas de estudo, cultura, viagem ou curiosidades. O canal contabiliza mais de 10 milhões de visualizações no total.

4 – TIA DO INGLÊS

A “tia” em questão é a professora Claudia Miranda, que com bom humor leva suas aulas publicadas todas as terças, quartas e quintas. No ar desde 2013, o canal possui mais de 200 vídeos.

5 – RAFAELA MOTTA

O canal da professora Rafaela Motta oferece aulas gratuitas de português e interpretação de textos especificamente para quem está se preparando para concursos públicos.

6 – PULA MURALHA

Liao Si, conhecida como Sisi, professora de chinês que vive há mais de cinco anos no Brasil, criou um canal no YouTube para ensinar mandarim de maneira divertida e totalmente de graça.

7 – MAIS CIÊNCIA

O canal da professora Rafaela Lima é um espaço de estudos de ciências voltado para alunos do ensino fundamental. A proposta é servir de apoio, reforço e revisão para os conteúdos aprendidos em sala de aula.

Fonte: Catraca Livre

 

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »