Bicicletas de carga querem substituir trabalho escravo de animais

bicicletas_editadas
Visualizado 1.863 vezes

Catadores de entulho de Maceió receberam  30 bicicletas de carga, que os ajudarão no trabalho diário em toda a capital. A ação faz parte do Projeto Relix, que incentiva a conscientização a respeito da correta destinação do lixo e a reciclagem. O evento realizado na orla da Pajuçara contou também com exposição fotográfica e uma peça de teatro.

As bicicletas, chamadas de “Ciclolix”, também serviram de suporte para expor fotos de catadores da capital. Uma delas era da Maria Goreti da Silva Batista, que trabalha catando entulho na região do Benedito Bentes. Empolgada, ela chamou a atenção da reportagem do G1 para mostrar a fotografia em que ela aparece.

“Essa bicicleta é muito maravilhosa. Sou catadora há 3 anos e ela vai ajudar bastante no trabalho, vai agilizar. Aí, além de catar os entulhos, aproveito para malhar as pernas pedalando”, brinca Goreti.

A idealizadora do projeto conta que a proposta, além de conscientizar sobre a relação das pessoas com o lixo, tambem trouxe dignidade para os catadores.

“Sinto que a gente poderia fazer muito mais. Elas [as catadoras] ficam emocionadas, agradecem pelo que fizemos por elas. Isso me deixa feliz, mas triste também, pois estamos muito atrsados com relação à sustentabilidade. Há muita coisa que ainda podemos e devemos fazer para cuidar de nosso planeta”, afirma Lina.

Fonte: G1

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »