Deserto mais árido do mundo renasce florido após surpreendentes chuvas

flores-desabrocham-e-dao-cores-ao-deserto-do-atacama-na-regiao-de-huasco-no-chile-1503942212689_615x300
Visualizado 235 vezes

Flores desabrocham e dão cores ao deserto do Atacama, na região de Huasco, no Chile.

Este fenômeno, que ocorria a cada cinco ou sete anos, mas que tem se tornado recorrente devido à presença do fenômeno climatológico El Niño, atrai milhares de turistas com suas mais de 200 espécies florais e fauna endêmica. Alguns especialistas apontam que pode até ser apreciado neste ano o mais espetacular florescimento das últimas décadas, devido à quantidade de água que caiu no norte do país, que permitiu um desenvolvimento de vegetação “intensa e denso”, explicou nesta segunda-feira a Conaf (Corporação Nacional Florestal do Chile).

“Depende das condições atmosféricas, de um aumento da temperatura gradual à medida em que o inverno passa e a primavera se aproxima”, disse o chefe de Conservação da Biodiversidade da Conaf, César Pizarro. Ainda de acordo com Pizarro, as chuvas de maio na região do Atacama, principalmente na província de Huasco, quase ao limite com a região de Coquimbo, propiciaram o surgimento do tapete multicolorido. “Um mês depois, caíram (as chuvas) em Antofagasta e Chañaral, o que marca um período. Já em outubro vamos ter uma floração não com alta intensidade, nem densidade, mas sim muito interessante que transforma encostas de rocha e terra em lugares verdes com flores”, acrescentou o também biólogo.

De acordo com o Sernatur (Serviço Nacional de Turismo), o incomum florescimento terá seu máximo esplendor entre a segunda semana de agosto e a primeira quinzena de setembro. Segundo o órgão, são esperadas 25 mil visitas à região neste ano, e as buscas por pacotes turísticos aumentaram em 25% em relação a 2016 no mesmo período. Há apenas três lugares no mundo onde desertos florescem, nos Estados Unidos, na Austrália e no Chile.

Fonte: UOL

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »