Escola carioca ganha primeiro grafite gigante do projeto ‘Rio Big Walls’

Visualizado 222 vezes

O projeto tem o apoio de empresas privadas como a RUA – Arte Urbana, Mills e Coral.

Mais de mil litros de tinta foram usados para dar forma à obra inaugural do projeto “Rio Big Walls” nas paredes da Escola Municipal Rivadávia Corrêa, na Avenida Presidente Vargas, no Centro. O grafite “Contos”, de 2.500m², pintado pela artista Luna Buschinelli, é o primeiro de 20 painéis que vão colorir a cidade.

Em diferentes tons de azul e cores fortes, a pintura mostra uma mãe contando uma história para os filhos. Segundo a prefeitura do Rio, a obra pode ser reconhecida pelo Guiness Book como o maior grafite do mundo pintado por uma mulher. Mais do que um recorde, a artista, de apenas 19 anos, considera a obra um agradecimento às mães e professoras.

“A obra representa uma mãe analfabeta. Ela carrega um ‘x’, que é como antigamente como os analfabetos assinavam. Mas, mesmo com esses empecilhos, ela consegue contar histórias muito lúdicas para os seus filhos e transmitir sonhos. São tão reais que as crianças acreditam que ela está lendo de verdade”, disse Luna, que trabalhou por 45 dias para finalizar o grafite.

Ela foi convidada pelo produtor Pagu, responsável, ao lado de Andrea Franco, pelos murais pintados no Boulevard Olímpico. Pelo menos cinco artistas cariocas serão convidados para produzir as outras 19 obras, que serão finalizadas até setembro. O produtor adiantou que muros próximos ao Teatro Municipal, e à Cidade do Samba, também receberão o projeto.

“É extremamente importante que um projeto desse seja apoiado pela iniciativa privada e pela prefeitura. É uma pena que em São Paulo tantas obras foram apagadas.Toda vez que qualquer tipo de arte perde espaço é muito triste”, afirmou Pagu. O projeto é financiado com o apoio de empresas privadas como a RUA – Arte Urbana, Mills e Coral.

Fonte: Estadão

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »