Escola troca punições por momentos de meditação (e casos de mau comportamento diminuem)

Visualizado 345 vezes
Escola troca punições por momentos de meditação (e casos de mau comportamento diminuem)
Avalie este conteúdo
Por 

Já para a sala do diretor!” “Menos meio ponto na atividade!” “Vai ficar sem recreio!” Frases como essas são comuns de serem ouvidas em salas de aula, proferidas por professores que tentam punir os alunos arteiros para manter a turma sob controle.

Mas não na Robert W. Coleman Elementary School, localizada em Baltimore, nos EUA. Por lá, todos os possíveis castigos por mau comportamento foram trocados por uma única atitude: meditação.

É que toda vez que um aluno apresenta problemas de disciplina, ele é imediatamente encaminhado para a Mindful Moment Room (algo como “Sala do Momento de Meditação”, em português), uma sala com luzes baixas, almofadas e objetos coloridos e relaxantes, em que os estudantes são convidados a desacelerar e fazer uma reflexão interior. Tudo por meio da meditação e sob a coordenação de um especialista: no caso, Kirk Philips, coordenador da Holistic Life Foundation, movimento que é parceiro da iniciativa.

Por enquanto, o projeto é só sucesso! Segundo a diretoria da escola, os alunos estão mais tranquilos e concentrados, as notas subiram, os casos de mau comportamento diminuíram e todos estão se relacionando melhor.

Fica a dica para as instituições de ensino brasileiras!

Fonte: The Greenestpost

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »