Jovem que levou água a 1 milhão na África agradece ao Brasil: vídeo

agua
Visualizado 1.152 vezes

Exclusivo! O menino que encantou o mundo, ao levar água e esgoto a pessoas carentes da África, hoje é um homem: completou 25  anos e seu projeto humanitário cresce junto com ele. 

A boa ação do canadense Ryan Hreljac, hoje é abrigada em uma fundação que já ajudou quase 1 milhão de pessoas em 16 países.

Com o apoio de parceiros, a Ryan’s Well Foundation cresceu tanto nos últimos anos que já está entre uma das mais importantes organizações de ajuda humanitária no Canadá.

Ela constrói poços para prover água limpa, instala sanitários, e doa ítens de higiene pessoal para populações de áreas carentes em 16 países.

1090 poços já foram construídos e 1229 sanitários instalados até o momento.

Em vídeo exclusivo, o jovem agradeceu ao engajamento dos brasileiros na onda de positividade que toma conta do mundo. (assista abaixo)

Ryan é a prova que uma boa-ação tem o poder de durar para sempre.

Missão e paixão

Em entrevista ao Só Notícia Boa, Ryan explicou que seu projeto faz parte de uma rede de parceiros com boa vontade de ajudar.

Todos dedicados a prover serviços simples para populações que precisam e melhorar a vida das pessoas de países em desenvolvimento.

“Nosso maior desafio continua ser educar e motivar as pessoas. Compartilhar nossa paixão e missão em mudar o mundo para melhor. Temos muitos parceiros brasileiros que acreditam na nossa missão e nos ajudam. Então, a única coisa que posso dizer é agradecer e pedir para que continuemos positivos e fazendo esse belíssimo trabalho juntos”, afirma Ryan.

História

A ideia começou quando ele tinha apenas seis anos de idade. Ryan ficou impressionado, quando viu em sala de aula, a situação em que viviam as crianças da África

Ele ficou comovido ao saber que muitas crianças morriam de sede e decidiu fazer algo para mudar.

Perguntou quanto custaria levar água para a África e a professora disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares.

Ryan fez trabalho doméstico e pediu dinheiro para a mãe para conseguir o valor.

Quando conseguiu juntar os 70 dólares, o garoto foi à sede da Water Can para comprar seu poço para as crianças da África.

No local, descobriu que o valor era de aproximadamente 2 mil dólares. Foi então que o garoto decidiu ir à luta.

A motivação de Ryan foi tão grande que ele convenceu amigos, vizinhos e parentes de todo o bairro onde morava.

Ryan Hreljac conseguiu o dinheiro e o primeiro poço foi perfurado em janeiro de 1999 em uma vila ao norte de Uganda.

Motivação 

Com o primeiro poço instalado, começou um trabalho humanitário que não parou mais de crescer.

Ryan conseguiu viajar e conhecer de perto o povoado onde foi instalado o poço.

Foi recebido com festa e ficou surpreso quando descobriu que todos sabiam seu nome.

Segundo o rapaz, foi um fato importante para que ele seguisse avante com o projeto e criasse sua fundação.

 

Fonte: Só noticia boa

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »