Percentual de fumantes no Brasil cai mais de 30% nos últimos nove anos

4214637_x360
Visualizado 1.803 vezes

Uma notícia boa pra saúde dos brasileiros: nos últimos nove anos, o percentual de fumantes caiu mais de 30%.

“Eu comecei a fumar com 14 anos”, conta a dona de casa Nadirangélica Mariano da Silva. “Eu comecei com uns 13 anos de idade”, diz a pedagoga Virgínia Vilela de Oliveira.

Mas o cigarro está com os dias contados. “Eu estou determinada. Vou parar de fumar. Até dia 30. Meu último cigarro é dia 29. Dia 30 eu não fumo mais”, promete Nadirangélica.

Já Virgínia não marcou data, mas tem uma fiscal que pega no pé. É a filhinha dela, de quatro anos, que foi, há uns dias, com a mãe a uma reunião para quem está doidinho para largar o vício. “Fui acender um cigarro na minha casa, eu fumo na área, mas, ela foi lá atrás de mim e falou: ‘Mamãe, o moço lá na reunião ontem falou pra você não fumar’. Meu maior incentivo no momento é ela”, diz.

Vamos torcer para a Virgínia conseguir. Uma boa notícia é que mais brasileiros estão abandonando o vício. Os homens ainda são os principais consumidores e a capital onde homens e mulheres mais fumam é Porto Alegre. A notícia ruim é que aumentou o consumo de cigarro contrabandeado.

Não são poucas as doenças provocadas pelo tabaco. Vai desde uma rouquidão até câncer. Fumar, segundo o Ministério da Saúde, é a principal causa de mortes evitáveis.

Foram quase 50 anos fumando até o eletricista Sérvio Martins Torres descobrir o câncer na laringe. E só deixou de fumar quando soube da gravidade da doença. “Agora eu não fumo mais nada, parei completamente. Ainda tem a vontade, não é brincadeira não”, conta.

“Uma pessoa que nunca fumou vai ter um risco bem pequeno de ter câncer. Uma pessoa que fuma tem um risco muito grande. Uma pessoa que fumou e parou tem um risco menor de ter câncer, mas nunca vai ser um risco igual a uma pessoa que nunca fumou”, explica o médico Rafael Malheiros.

O corretor de imóveis Francisco de Assis é um dos que contribuíram para diminuir o número de fumantes no país. Foram 35 anos na companhia do cigarro até aparecer o câncer de faringe. Agora ele está curado. “Eu coloquei um ponto final nele, porque eu precisava trocar o vício pela vida. E eu estou conseguindo até hoje. E vou conseguir até amanhã e depois, com certeza”, afirma.

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Seja o primeiro a comentar Assunto: "Percentual de fumantes no Brasil cai mais de 30% nos últimos nove anos"

Deixe um comentário

Translate »