Professora transforma carteiras de seus alunos da 5ª Série em calmantes em dia de prova

Carteiras com bilhetes - Jornal de Boas NotíciasCarteiras com bilhetes - Jornal de Boas Notícias
Visualizado 233 vezes
Professora transforma carteiras de seus alunos da 5ª Série em calmantes em dia de prova
Avalie este conteúdo

Professora da 5ª Série diminui a pressão do dia da prova com mensagens personalizadas de incentivo, escritas nas mesas de cada um de seus alunos. Os efeitos podem ficar para a vida toda.

A professora Chandni Langford da Evergreen Avenue Elementary School resolveu diminuir o stress de seus alunos da 5ª Série (com idade entre 9 e 11 anos), com uma ideia genial: deixando recados em suas carteiras. O exame chamado PARCC é importante e decisivo – e também uma das primeiras situações de stress estudantil para essas crianças. Muitas deixam de dormir, outras não conseguem se acalmar durante a prova. E por isso a professora resolveu tentar ajudar com esses “bilhetes” gigantes.

Como esse, para a Lis:

Carteiras com bilhetes - Jornal de Boas Notícias

Carteiras com bilhetes – Jornal de Boas Notícias

“Lis, lembre-se: não existe elevador para o sucesso, você precisa subir pela escada! Você consegue!”

Além do recado, ainda tinha um mimo extra, com 2 “donut stress” (“Vá no seu tempo e faça o seu melhor”) e a hashtag #growthmindset, um modelo mental que mencionamos anteriormente neste post.

Esse foi o recado para o aluno Kwydir:

Carteiras com bilhetes - Jornal de Boas Notícias

Carteiras com bilhetes – Jornal de Boas Notícias

“Kwydir, aprender é o seu superpoder. Lembre-se: nunca pare de tentar e nunca pare de fazer o seu cérebro crescer”

Carteiras com bilhetes - Jornal de Boas Notícias

Carteiras com bilhetes – Jornal de Boas Notícias

“Yovani, não dá para dizer que vai ser fácil, mas vai valer a pena! Faça o seu melhor!”

“Ish, sei que essa é a primeira vez que você faz essa prova. Use suas ferramentas e expanda seu cérebro!”

POR QUE ISSO É TÃO LEGAL?

A iniciativa vai muito além do gesto simpático de incentivo. De uma maneira muito simples e eficiente, quebra-se aquela imagem da professora que “aplica” a prova, que fica “vigiando” a classe e que fica esperando sentada alí na frente para receber seu exame e cravar uma nota. A prova não é feita “para a professora”, mas sim algo entre o aluno e a matéria. A professora fica como alguém que dá suporte e não como autoridade. E isso pode até fazer uma enorme diferença no desenvolvimento dessas crianças. É uma excelente oportunidade de se estabelecer, logo de cara, desde novinhos, uma relação mais tranquila com momentos de pressão, algo que pode fazer muita difereça na vida futura de cada uma dessas crianças, em diversas situações.

Atitudes extremamente simples e fáceis de se fazer, mas extremamente impactantes.

Escola não é um lugar para se despejar conteúdo dentro de cabeças e depois testar o quanto caiu dentro e o quanto caiu fora. Escola é um lugar muito importante onde pequenos seres humanos recém-chegados ao planeta estão em fase de desenvolvimento como pessoas. A atitude muda tudo.

“I felt like I could do anything now” (“me sinto capaz de fazer qualquer coisa agora”)

Emily Corrigan, 10

PS: sim, a tinta sai com álcool e os bilhetes foram apagados antes do início do exame.

PS2: minha mãe não era professora, mas fazia exatamente isso, escondia bilhetinhos na minha mochila de escola em dias de prova e dentro de roupas em malas de viagem. Ideias para se copiar de geração para geração, em casa ou fora de casa.

Fonte: Updateordie

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »