Receita para uma cidade colorida

taniguchi_capa_8493
Visualizado 1.382 vezes

Artista japonês cria esculturas a partir de rachaduras e fendas em paredes, ruas e calçadas

O asfalto rachado. A parede sem cimento. O azulejo quebrado. A fenda entre os tijolos de um muro. O buraco no meio-fio. São esses elementos urbanos que servem de inspiração para o artista japonês Ken’Ichiro Taniguchi. Radicado em Berlim, o escultor cria história visual com as falhas da cidade, os chamados hecomi – ou cicatrizes, em português. Verdadeiras esculturas vivas resultam de sua intervenção no que geralmente é ignorado ou esquecido pelos pedestres.

A técnica aplicada nas criações vem sendo desenvolvida desde 1998. O artista preenche as fendas e as rachaduras com um filme e um plástico amarelo. Cria-se uma espécie de negativo do hecomi, dando cor aos espaços públicos.

Os resultados são inesperados e os mais diversos possíveis. Cada peça ganha o nome da rua e da cidade em que foi realizada a intervenção. Os locais que serviram de inspiração para o artista são reunidos no Mapa Hecomi. Estão na lista do escultor cidades como Barcelona, Berlim, Buenos Aires, Hamburgo, Kolderveen e Rotterdam. O trabalho do artista já foi exposto em galerias da Alemanha, da Espanha, dos Estados Unidos, da Holanda e do Japão.

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Seja o primeiro a comentar Assunto: "Receita para uma cidade colorida"

Deixe um comentário

Translate »