Universidade de Oxford oferece mais vagas a meninas do que a meninos pela 1ª vez na história

Visualizado 78 vezes
Universidade de Oxford oferece mais vagas a meninas do que a meninos pela 1ª vez na história
Avalie este conteúdo

Número de matrículas de estudantes do sexo feminino também foi superior.

Pela primeira vez na história, a Universidade de Oxford, na Inglaterra, ofereceu mais vagas na graduação para meninas do que para meninos. De acordo com números divulgados pela instituição, no outono de 2017, 1.275 garotas e 1.165 garotos tiveram a chance de entrar na universidade – 1.070 delas e 1.025 deles aceitaram a proposta e se matricularam.

“Ainda é cedo para chamarmos isso de tendência, mas é um sinal de progresso”, afirmou um dos porta-vozes de Oxford à imprensa britânica.

Considerando todas as universidades do Reino Unido, os índices de aprovação de estudantes do sexo feminino também foram superiores do que do masculino – apesar de mais meninos terem se inscrito nos processos seletivos para buscar uma vaga.

Quanto a cargos de autoridade nas instituições de ensino, 10 de 38 universidades britânicas têm diretoras mulheres no comando.

Fonte: G1

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »