“Homem Aranha” malês ganha cidadania francesa das mãos de presidente

“Homem Aranha” malês ganha cidadania francesa das mãos de presidente
Avalie este conteúdo

O jovem malês com documentação irregular escalou a fachada de um prédio em Paris para socorrer um menino de 4 anos pendurado.

O resgate espetacular, gravado e divulgado nas redes sociais, mostra o malês Mamudu Gasama escalar em trinta segundos quatro varandas da fachada de um prédio para chegar ao quarto andar, recuperar o menino pendurado e colocá-lo em segurança.

“Por sorte, havia alguém com boas condições físicas e com coragem para ir buscar o menino”, afirmaram os bombeiros. A criança e Gasama foram levados a um hospital para exames de rotina. “O socorrista se queixava do seu joelho e o menino estava em choque”, indicaram os bombeiros, afirmando que os dois passam bem.

O vice-prefeito de Paris, Ian Brossat, afirmou que o jovem malês que resgatou o menino está com sua documentação irregular. “O jovem homem que salvou um bebê (…) escalando três andares não tem documentação e chegou do Mali em setembro. Aviso aos que cospem diariamente nos imigrantes. Obrigado, Mamudu Gasama”, tuitou o prefeito adjunto.

Pouco antes, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, tinha parabenizado o jovem. “Um grande ‘bravo’ a Mamudu Gasama por seu ato de coragem que permitiu salvar ontem à noite a vida de um menino. Tive o prazer de falar com ele por telefone hoje”, escreveu no Twitter.

Apresentado pela imprensa francesa como um herói, Mamudu Gasama contou à emissora BFMTV que “viu muitas pessoas gritando e buzinas de carros”. “Saí, corri para procurar as soluções para salvá-lo. Consegui me pendurar em uma varanda, subi e assim graças a Deus o salvei”, disse.

Mamudu Gasama será nacionalizado francês. O anúncio foi feito pelo presidente da França, Emmanuel Macron, nesta segunda-feira, 28.

O líder francês o recebeu no Palácio do Eliseu, para agradecer o ato de bravura pessoalmente.

Com informações do Correio Braziliense e SBN

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »