Alunos de escola pública brasileira ganham prata em Olimpíada Internacional de Linguística

Avalie este conteúdo

O Brasil volta da Olimpíada Internacional de Linguística com o gostinho da vitória. Dois estudantes de escolas públicas conquistaram medalhas no evento que aconteceu na Coreia do Sul.

João Henrique Fontes, de 16 anos, aluno do Colégio Militar do Rio de Janeiro e Gustavo Palote, de 18, com Ensino Médio concluído no Instituto Federal do Paraná, levaram para casa uma medalha de prata cada. Os resultados foram obtidos na competição individual.  

Ao todo, a 17ª edição da Olimpíada de Linguística recebeu 55 equipes, com alunos de 37 países. O Brasil esteve representado com oito estudantes. 

“O Brasil já tem uma das maiores olimpíadas de Linguística do mundo. Esta olimpíada é bastante especial, pois faz os alunos trabalharem sobre diversas linguagens, das línguas nativas às linguagens matemáticas e de programação. A Linguística reúne saberes de diversas disciplinas e demanda dos estudantes competências transdisciplinares, o que é fundamental para fazer frente aos desafios do século 21”, celebra Felipe Pimentel, coordenador pedagógico do Instituto Vertere, que acompanhou as equipes na Coreia do Sul.

Os oito alunos foram pinçados por meio da Olimpíada Nacional de Linguística, evento gratuito promovido pelo Instituto Vertere, que conta ainda com apoio do Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina), da Sharpen Capital e da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, que levou os adolescentes para a Coreia do Sul.

Mais prêmios. Palote, um veterano na terceira participação internacional, foi agraciado com uma premiação especial pela resolução perfeita de uma das atividades propostas. Merecido, afinal de 200 pessoas, apenas ele e mais seis conseguiram resolver o puzzle. 

João Henrique não fez por menos. Em sua segunda participação, venceu em primeiro lugar uma atividade paralela inspirada no programa ‘Jeopardy’, exibido na década de 1960, nos EUA. 

O reconhecimento do feito dos jovens e equipe resultou em uma recepção dos estudantes brasileiros na Embaixada do Brasil em Seul.

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »