Balsas elétricas vão levar turistas às Cataratas do Niágara

Compartilhe Boas Notícias

As Cataratas do Niágara inauguraram duas balsas totalmente elétricas que vão fazer o transporte de turistas em torno de um dos conjuntos das quedas d’água. As embarcações, que fizeram sua primeira viagem no dia 6 de outubro, possuem baterias que são recarregadas em apenas sete minutos, com energia produzida localmente.

O segmento de embarcações totalmente elétricas para passageiros é relativamente novo nos EUA e Canadá. A primeira balsa desse tipo foi lançada ao mar no ano passado, zarpando do rio Alabama.

Segundo Patrick Finn, analista de tecnologia marítima da consultoria Thetius, uma lei centenária chamada “Ato Jones”, obriga que embarcações que transportam mercadorias entre portos dos EUA sejam totalmente fabricadas com tecnologia americana, o que encarece a migração desses meios de transporte da alimentação a diesel para a elétrica substancialmente.

Balsa turística totalmente elétrica, que trafega em torno das Cataratas do Niágara.
Balsa turística totalmente elétrica, que trafega em torno das Cataratas do Niágara. Fonte: New York State Parks/Divulgação

Embora as balsas sejam responsáveis por uma quantidade muito limitada das emissões de gases poluentes, quando comparadas a navios de carga, ter 100% da frota dessas embarcações funcionando por meio de baterias recarregáveis seria de extrema importância para as comunidades próximas às rotas de tráfego, que são curtas, mas frequentes.

Nesse sentido, as balsas elétricas causariam menos impacto ambiental, incluindo uma melhora significativa na qualidade do ar.

Enquanto as balsas elétricas ainda “engatinham” nos EUA, elas já são bem populares em alguns países nórdicos, que têm longa tradição marítima.

A primeira embarcação totalmente elétrica para passageiros da Noruega foi inaugurada em 2015. A Finlândia lançou a sua em 2017. De lá para cá, as balsas elétricas já se espalharam por países como Espanha, Dinamarca, Tailândia e Índia.

As balsas são embarcações perfeitas para a adesão de motores elétricos porque elas realizam viagens curtas e suas rotas podem conter várias paradas, ao contrário de navios de grande porte.

Ainda assim, uma infraestrutura de suporte precisa acompanhar o desenvolvimento de novas embarcações com essa tecnologia, o que inclui a instalação de estações de carregamento.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/mobilidade-urbana-smart-cities/205061-balsas-eletricas-levar-turistas-cataratas-niagara.htm

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »