Bilionário do petróleo constrói navio para retirar 5 toneladas de plástico do oceano por dia

Avalie este conteúdo

Empresário vai investir em barco que coleta e recicla resíduos, diminuindo o lixo nos mares. Segundo ele, essa é uma forma de devolver ao mar parte do que conquistou por meio dele

Até 2050, os oceanos vão conter mais plástico do que peixes, segundo um relatório do Fórum Econômico Mundial (WEF, de World Economic Forum). Esse fato chocou o bilionário norueguês Kjell Inge Røkke a ponto de instigá-lo a investir parte da sua fortuna de 2 bilhões de dólares (cerca de 7,46 bilhões de reais) na limpeza dos mares.

O barão do petróleo — que também é o 10º homem mais rico da Noruega, segundo a revista Forbes — vai construir até o final de 2020 e colocar em atividade até 2021 o maior iate do mundo, com o compromisso de retirar cinco toneladas de lixo do oceano por dia.

Pescador quando jovem, Røkke começou sua trajetória profissional no mar e disse, em declaração para a imprensa norueguesa, que a iniciativa é uma forma de devolver ao mar parte do que conquistou por meio dele.

Do vitoriano ao contemporâneo, Casa dos Simpsons é retratada em oito estilos arquitetônicos famosos

A Research Expedition Vessel (REV) [Embarcação de Expedição de Pesquisa, em tradução livre], como foi batizada, será operada pelo World Wild Fund for Nature (WWF) que vai levar 60 pesquisadores e uma tripulação de até 40 operadores para investigar os ambientes inexplorados do fundo do mar.

A cada viagem, o REV vai utilizar suas dezenas de sensores e equipamentos de ponta para coletar todo o plástico que encontrar e derretê-lo, com o objetivo de reciclá-lo e devolvê-lo para uso.

Fonte: Gazeta do Povo

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »