Brasil segura reação da Argentina e conquista mundial de futsal down pela 1ª vez

No interior de São Paulo, seleção brasileira supera hermanos e vence competição para atletas com síndrome de down

O Brasil conseguiu seu primeiro título mundial de futsal down nesta terça-feira ao vencer a arquirrival Argentina por 7 a 5, no ginásio da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O festival de diversidade, integração e inclusão foi bonito antes, durante e depois do jogo, mas a rivalidade Brasil x Argentina também esteve presente e a disputa foi acirrada até o segundo final da partida.

O Brasil chegou a abrir 5 a 1 no primeiro tempo e parecia que repetiria a goleada da primeira fase, quando fez 5 a 2 nos Hermanos. Porém, os argentinos mostraram muita disposição na etapa final. Eles levaram o sexto gol, mas conseguiram marcar quatro vezes, apesar da ótima atuação do goleiro Rafael, e encostaram no placar. A esperança só acabou quando o ala brasileiro Renato, melhor atleta do mundial, fez o sétimo da Seleção com menos de dez segundos para o término do jogo.

Renato comandou o Brasil durante toda a competição. Na decisão ele fez cinco gols e terminou o mundial como artilheiro – balançou as redes em 21 oportunidades em cinco partidas. Marcaram ainda para a seleção brasileira na final Caio e Júlio. Para a Argentina, Gastón fez dois gols, assim como Ignácio. Luca completou o placar.

Foi a segunda edição do Campeonato Mundial de Futsal para atletas com síndrome de down. A Itália venceu a primeira edição, em 2018, que aconteceu em Portugal.

O Brasil terminou sua campanha no mundial 2019 de forma invicta. Foram cinco vitórias: 5 a 2 na Argentina, 7 a 2 no Chile, 8 a 5 em Portugal. Na semifinal, goleou o México por 8 a 2 e encerrou o torneio de Ribeirão Preto com nova vitória sobre os Hermanos.

Fonte: GE

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »