Casais que se “zoam” são mais felizes, diz pesquisa

Casais que se “zoam” são mais felizes, diz pesquisa
Avalie este conteúdo

Uma pesquisa realizada por psicólogos da Universidade Luterana de Halle-Wittenberg, na Alemanha, e publicada no Journal of Research in Personality, chegou à conclusão que para se ter um relacionamento de sucesso o segredo está no bom humor. Segundo eles, casais que aceitam ser “zoados” pelo parceiro e têm mais facilidade para rirem de si mesmos são mais felizes no dia a dia.

No estudo realizado com 154 casais heterossexuais, os cientistas descobriram, ainda, que as pessoas que têm medo de serem ridicularizadas confiam menos em seu parceiro e tendem a ter menos conteúdo no dia a dia para trocar com ele. Alguns indivíduos – principalmente homens – disseram também que frequentemente não se sentem satisfeitos com sua vida sexual quando o cônjuge não aceita que tirem sarro dele.

“Estudos anteriores mostraram que as pessoas estão procurando um parceiro com senso de humor e que gosta de rir”, disse o professor René Proyer da universidade em um comunicado. No entanto, como o estudo aponta, isso não é tão simples quanto parece.

Os pesquisadores chegaram, ainda, à conclusão que casais parecidos geralmente têm mais assunto no dia a dia do que aqueles que são menos parecidos. “Descobrimos que os parceiros são muitas vezes semelhantes em relação às suas características individuais e também seus perfis”, acrescentou o co-autor do estudo, Kay Brauer.

Em outras palavras, tudo depende da compatibilidade entre o casal. Se uma pessoa gosta de tirar sarro e a outra não se sente confortável com isso, o relacionamento por estar fadado a ter problemas. Agora, se os dois gostam de “zoar” um ao outro ou se ambos não curtem esse tipo de atitude, tudo bem. Se a sintonia é a mesma entre o casal, a relação tem mais chances de dar certo.

Fonte: Galileu

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »