Centro de Paradesporto é inaugurado no Rodeio

Centro de Paradesporto é inaugurado no Rodeio
Avalie este conteúdo

Evento realizado na manhã de ontem foi marcado pela emoção entre os colaboradores do projeto; atividades já se iniciaram logo após solenidade

O Centro Paradesportivo de Mogi das Cruzes foi inaugurado ontem e já começou a atender praticantes de esportes adaptados. O evento contou com a participação massiva de paratletas que praticam algum tipo de modalidade esportiva adaptada na cidade, em especial a bocha adaptada. Com um investimento de R$ 2.161 milhões, nos quais R$ 1,5 milhão do Governo do Estado, o espaço vai ser local de treinamento para 13 diferentes modalidades esportivas. Durante a cerimônia foi feito a entronização do patrono do Centro, o professor Cid Torquato.

O evento de inauguração foi marcado pela emoção das pessoas que colaboraram para que o prédio fosse construído. O bicampeão paralímpico de bocha adaptada e coordenador do Centro do Paradesporto de Mogi das Cruzes, Dirceu José Pinto, destacou a importância do espaço para o treinamento dos atletas de alto rendimento e o papel social que o local promoverá para as pessoas com deficiência da cidade. “Esse projeto já ocorria no ginásio municipal, onde mais de 200 atletas treinavam. Agora, todos passarão a treinar no Centro do Paradesporto. Teremos a bocha adaptada, futebol de sete, futebol de cinco, Goal Ball, futebol de amputados, além de atletismo. Esse projeto tem mudado a vida das pessoas”, destacou.

O prefeito Marco Bertaiolli (PSD) ressaltou que a ideia é transformar o Centro do Paradesporto em celeiro de preparação de atletas para as Paralimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. “Fizemos um centro voltado para o treinamento de várias modalidades. Ele terá um caráter social muito importante de incentivador, para que as pessoas saiam de casa e venham para o convívio social por meio do esporte. Nosso objetivo é bem amplo, tanto na questão de buscar a socialização das pessoas com deficiência quanto na atividade comunitária com a formação de atletas”, avaliou.

Alguns equipamentos ainda precisam ser instalados, como a tabela de basquete e traves para o goalball. “O centro foi construído em um moderno padrão arquitetônico que se transformará em um celeiro para novos atletas de forma permanente. Foi construído um lugar que proporcionará qualidade de vida”, destacou a secretária estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella.

Ampliação
O secretário-adjunto de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e filho do patrono do Centro do Paradesporto, Cid Torquato Júnior, ressaltou que o objetivo a médio prazo é tentar ampliar a capacidade do espaço. “Depois que passar o período eleitoral, já vamos conversar para tentar aumentar a capacidade desse centro para que ele tenha outras opções. Talvez uma piscina ou um alojamento. Temos espaço para isso”, disse ele, sobre a área construída de 1573 metros.

Fonte: http://www.moginews.com.br/

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Seja o primeiro a comentar Assunto: "Centro de Paradesporto é inaugurado no Rodeio"

Deixe um comentário

Translate »