Champs-Élysées vai virar “um jardim extraordinário”

Compartilhe Boas Notícias

A Champs-Élysées, famosa avenida de Paris, vai receber um investimento de 250 milhões de euros e se tornar “um jardim extraordinário”, nas palavras da prefeita Anne Higaldo.

O projeto do estúdio PCA-Stream vai converter este cartão postal em um espaço público destinado a pedestres e com muito mais verde. Metade das oito faixas da avenida vai ser fechada para carros e se transformar em áreas verdes.

As obras devem começar em 2024, depois dos Jogos Olímpicos, e até 2030 vão transformar a área que vai do Arco do Triunfo à Praça da Concórdia.

Com isso, espera-se melhorar a qualidade do ar ao longo dos quase 2 quilômetros de extensão da Champs-Élysées e criar um ambiente mais sustentável e acolhedor para a população.

História

A avenida mais famosa de Paris foi projetada em 1667 por André Le Nôtre in 1667 como uma extensão dos jardins do Palácio das Tulheiras, mas com o tempo acabou se transformando em um grande centro comercial.

No entanto, com o aumento do número de veículos circulando, os índices de poluição do ar se tornaram um problema. Isso contribuiu para afastar turistas e moradores do local e incentivou um novo projeto para a avenida.

Nova chance

Desde 2018, um comitê vem estudando maneiras de transformar a Champs-Élysées  novamente em um dos lugares preferidos por quem vive e visita Paris em parceria com a equipe do PCA-Stream.

Em um comunicado, o comitê assume que “A lendária avenida perdeu o seu esplendor nos últimos 30 anos. Foi progressivamente abandonada pelos parisienses e foi atingida por várias crises”.

Ao mesmo tempo que vai restringir a circulação de carros na Champs-Élysées, o projeto prevê a instalação de um pavimento antirruído na via, além de quiosques para alimentação, muitas árvores e espaços de convivência cercados de verde.

A boa notícia é que a “volta por cima” do cartão postal é vista como uma demonstração de um novo foco urbano, “com prioridade para a natureza, o bem-estar e uma cidade mais sustentável e acolhedora”, de acordo com postagem do PCA-Stream no Twitter.

Cidades mais verdes

A prefeita Anne Hidalgo anunciou que outros lugares icônicos de Paris vão receber florestas urbanas, entre eles a praça Place de l’Hotel de Ville e a estação Gare de Lyon. Estas iniciativas tem como objetivo melhorar a qualidade do ar e combater as mudanças climáticas.

Barcelona também anunciou que irá se tornar uma cidade mais verde, dando prioridade a pedestres, ciclistas e à natureza em suas ruas.

Fonte: https://ciclovivo.com.br/arq-urb/urbanismo/champs-elysees-vai-virar-um-jardim-extraordinario/

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »