Conheça a melhor padaria de São Paulo e programe-se para um café da manhã reforçado

Conheça a melhor padaria de São Paulo e programe-se para um café da manhã reforçado
Avalie este conteúdo

Especializada em receitas portuguesas, a Padaria da Esquina, foi premiada pelo “Comer & Beber 2017/2018”.

por Fábio Galib e Gabrielli Menezes

Explicar as características de cada uma das receitas dispostas atrás do balcão da Padaria da Esquina continua a ser uma rotina para a equipe da casa, mesmo passado mais de um ano de sua inauguração. Pudera. Tão acostumado que é com baguetes e ciabattas, o paulistano ainda patina no universo dos pães portugueses. E não se trata apenas daquela massa cheia de azeite encontrada nas padocas de bairro, mas do saloio, do mafra, do mouro, do carcaça… Cada um deles tem suas peculiaridades e todos são uma delícia. Eles podem levar farinha de trigo, de centeio, uma mistura das duas, sementes de linhaça, maior ou menor quantidade de água. Em comum, somente a massa-mãe, o fermento natural mais conhecido por aqui pelo nome francês levain. Há outros predicados do endereço de Vítor Sobral, caso dos sanduíches — ou sandes, no bom português da terrinha — e dos doces típicos, que estão entre os melhores da cidade. Quer uma prova? Peça a francesinha (R$ 32,00), de rosbife, presunto, ovo e linguiça no pão de fôrma, seguida de um pastel de nata (R$ 6,80), que agrada pela combinação de exterior crocante com recheio cremoso como poucos. Também dono da Tasca da Esquina e da Taberna da Esquina, o chef português ainda dá um gostinho de seus restaurantes e serve pratos feitos com bacalhau a preços bem vantajosos. Na clássica versão a zé do pipo (R$ 39,50), lascas carnudas do pescado ganham a companhia de alho, cebola e purê de batata, tudo gratinado com maionese caseira.

PADOCA EM CASA

Eleita a melhor de sua categoria na edição 2016/2017 de COMER & BEBER, a Padaria da Esquina reforçou o portfólio. Não se trata de novos pães, mas de pratos congelados para levar, minissanduíches para eventos — estes, preparados somente por encomenda — e cestas de café da manhã. Dessas últimas, há duas versões — uma leva o nome do poeta português Fernando Pessoa: ela reúne pão mouro, pão d’água, bolo de cenoura, bolo de arroz, queijo, peito de peru, iogurte natural, requeijão, manteiga, suco, café, leite e cappuccino instantâneos, além de frutas fatiadas. Custa R$ 95,00 a individual e R$ 143,00 para dois.

Fonte: Veja SP

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »