Contra Fake News WhatsApp começa a limitar encaminhamento de mensagens

Contra Fake News WhatsApp começa a limitar encaminhamento de mensagens
Avalie este conteúdo

Quem quiser compartilhar correntes no WhatsApp a partir de hoje terá um pouco mais de trabalho.

O mensageiro finalmente está adotando o limite máximo de cinco contatos quando alguém deseja encaminhar mensagens no app. Implementada inicialmente na Índia, a função veio para conter a onda de boataria que estava causando linchamentos e assassinatos por lá.

No nosso caso o maior problema envolvendo o programa é político: sobram acusações de que o produto do Facebook foi usado para campanhas de difamação e disseminação de notícias falsas, as fake news. Uma apuração da Folha de São Paulo chegou a indicar que empresários poderiam estar financiando disparos pelo mensageiro visando afetar candidaturas, e uma investigação foi aberta pela Polícia Federal.

Como o WhatsApp tem hoje o status de produto para comunicação mais popular do mundo, na frente até mesmo do Facebook, a medida é bem-vinda e deverá burocratizar a vida das redes de boataria, como algumas que já foram desligadas no Brasil recentemente (MBL). Porém, ainda há uma grande brecha: as listas de transmissão, que permitem o disparo para até 256 contatos ao mesmo tempo, seguem funcionando com esse número enorme de destinatários.

A limitação está chegando aos poucos, mas é avistada na versão pública estável mais recente do programa. Logo, é questão de curto prazo que esteja em vigor para todos por aqui.

O WhatsApp não se manifestou se essa nova política de encaminhamentos chega apenas ao Brasil após sua implementação na Índia ou se é uma medida global.

Vale lembrar, em breve o mensageiro deverá receber a função de desbloqueio via leitura biométrica, para proteger ainda mais a segurança do usuário.

Fonte: Tudo Celular

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »