Cursos gratuitos de Libras e Braille levam estudante à linguagem da inclusão

Compartilhe Boas Notícias

Que tal estudar Libras e Braille de graça? Aprendemos novas línguas para podermos nos comunicar com estrangeiros, mas aqui, dentro do Brasil, existem milhões de pessoas que usam outra linguagem e têm muita coisa para contar.

Segundo o Instituto Locomotiva, existem 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva em nosso país, sendo 2,3 milhões com deficiência severa. De acordo com números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), são mais de 6,5 milhões com deficiência visual –dessas, 582 mil são cegas.

Apenas para fator de comparação, o Chile tem aproximadamente 18,7 milhões de habitantes.

Libras

Libras (Língua Brasileira de Sinais) foi reconhecida como 2ª língua oficial do Brasil em 2002. Nos últimos anos, a imagem do tradutor tem ficado cada vez mais frequente nas emissoras de TV, na internet e em comunicações oficiais.

Para iniciantes, o “Curso de Libras Online” tem 160 horas de duração. Caso o estudante queira o certificado, que é válido em todo território nacional para processos de recrutamento e seleção, existe uma taxa de R$49,90 para a emissão.

“15 Sinais que Todo Mundo Deve Saber”, da Universidade da Libras, ensina o básico para se comunicar. O programa é on-line e realizado por meio de videoaulas. A USP (Universidade de São Paulo) também oferece aulas de Libras, com apresentação teórica, videoaulas e exercícios. Ainda que não ofereça certificado, o programa é bem completo.

Braille

Crédito: Myriam Zilles/Pixabay

Apesar de não ser uma língua, e sim um padrão tátil que substitui as letras, o Braille é um sistema desenvolvido no século 19. Ele é composto por 63 sinais em relevo, desenvolvido para a leitura e a escrita de pessoas cegas.

Disponibilizado pela USP, o “Braille Virtual” é um curso on-line gratuito que usa animações para ensinar o sistema para quem enxerga. O material está disponível em português, inglês e espanhol. O curso on-line gratuito de sistema braille do Ginead tem carga horária de 20 horas e é totalmente feito por meio da plataforma digital.

A Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica), do governo do Rio de Janeiro, oferece uma apostila gratuita de introdução ao Braille. Voltada para quem já conhece o sistema, ela é fundamental para os estudantes que concluíram um dos cursos acima.

Fonte: https://catracalivre.com.br/educacao/cursos-gratuitos-de-libras-e-braille-levam-estudante-a-linguagem-da-inclusao/

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »