Descobrir o sentido da vida pode melhorar saúde e longevidade, segundo cientistas

Compartilhe Boas Notícias

A verdade é que, com a velocidade que levamos a vida hoje – o tempo todo atravessada pela tecnologia, nós estamos vivendo no automático, o que não é nada bom.

Afinal, qual o significado da vida? Esta é uma grande questão com implicações possivelmente ainda maiores para a nossa saúde e bem-estar do que pensávamos anteriormente. Um estudo recente de pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia – em San Diego, garante que descobrir o sentido da vida é essencial para nossa saúde e longevidade.

O significado na vida emergiu como uma questão importante na pesquisa médica, especialmente no contexto de uma população em envelhecimento. “Muitos pensam sobre o sentido e o propósito da vida de uma perspectiva filosófica, mas o significado na vida está associado a uma melhor saúde, bem-estar e talvez longevidade”, disse o autor principal do estudo – Dilip V. Jeste. Segundo ele: “Aqueles que encontraram um sentido na vida são mais felizes e saudáveis do que aqueles sem ele.”

O estudo, publicado online no Journal of Clinical Psychiatry, concluiu que a presença de sentido na vida está associada a um melhor bem-estar físico e mental, enquanto a busca por significado na vida pode estar associada a um pior bem-estar mental e cognitivo, o que influencia diretamente na lomgevidade das pessoas. “Quando você encontra mais significado na vida, fica mais contente, enquanto que se você não tem um objetivo na vida e o procura sem sucesso, se sente muito mais estressado”, completou o autor.

O estudo ainda estabelece um paralelo com a busca por um sentido maior e a idade das pessoas. Segundo a pesquisa, quando estamos na casa dos 20 anos, temos muito mais dúvidas do que certezas na vida, e estamos o tempo todo tentando encontrar um significado para ela. Já na casa dos 30 e 40 anos, estamos mais estabelecidos, com isso a busca diminui e o significado na vida aumenta. No entanto, dos 60 anos em diante, as coisas começam a mudar. As pessoas se aposentam, começam a desenvolver problemas de saúde e alguns de seus amigos e familiares começam a falecer. Eles começam a procurar o significado da vida novamente, porque o significado que eles tiveram uma vez já mudou.

“O campo da medicina está começando a reconhecer que o significado na vida é um fator clinicamente relevante, que pode ser direcionado para melhorar o bem-estar e o funcionamento dos pacientes”, disse Awais Aftab, outro autor do artigo. As próximas etapas da pesquisa incluem analisar outras áreas, como sabedoria, solidão e compaixão, e como elas afetam o significado da vida.

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »