Doodle do Google faz homenagem aos profissionais e cientistas da saúde diante do coronavírus

Compartilhe Boas Notícias

Nesta segunda-feira (6), o Google Doodle resolveu fazer uma homenagem a todos os técnicos que estão na linha de frente no combate ao coronavírus: a comunidade cientifica e os profissionais da saúde pública.

Esse tributo é o primeiro de muitas homenagens que o Google pretende fazer para os protagonistas dessa luta. “À medida que o COVID-19 continua a impactar comunidades em todo o mundo, as pessoas estão se unindo para ajudar umas às outras agora mais do que nunca. Nas próximas semanas, lançamos uma série Doodle para reconhecer e homenagear muitos dos que estão na linha de frente”, afirmou texto do Google.

Hoje, gostaríamos de dizer:

Atodos os trabalhadores da saúde pública e a pesquisadores da comunidade científica, obrigado.

Google

As homenagens também têm acontecido por aqueles que têm respeitado a quarentena em casa, além do Brasil, vários países como Espanha, Itália e Reino Unido, têm batido palmas das janelas e varadas, em um horário combinado e divulgado pelas redes sociais, para agradecer a todos os profissionais de saúde de seus respectivos países.

Saúde dos profissionais

Segundo o site Newsweek, já são mais de 100 médicos e enfermeiros em todo o mundo que perderam a vida enquanto tratavam pacientes. Na Itália, uma das nações mais atingidas do mundo, já foram mais de 66 óbitos de profissionais. Tanto a Itália quanto a Espanha viram mais de 9.000 trabalhadores médicos infectados. Na China, pelo menos 13 médicos morreram, incluindo o médico que tentou alertar sobre o surto de coronavírus, Li Wenliang, provocando grande repercussão no país.

No Brasil, também há casos de mortes de profissionais que trabalham com pacientes infectados. A morte da técnica de enfermagem Adelita Ribeiro, em Goiás, gerou muita comoção, por ela ser uma das  profissionais que participou da campanha pedindo para as pessoas ficarem em casa durante a pandemia do novo coronavírus. Além dela, em Pernambuco, um técnica de enfermagem morreu vítima de coronavírus e outra profissional tem óbito sob investigação.

O diretor executivo do Conselho Internacional de Enfermeiras, Howard Catton, falou sobre sua preocupação com esses profissionais. “Estamos preocupados há algumas semanas sobre quantas enfermeiras e outros profissionais de saúde foram infectados com o coronavírus. Enfermeiras em todo o mundo estão trabalhando sob extrema pressão por longas horas, sem pausas e sem dias de folga, e está cobrando seu preço “.

Ainda, o diretor acrescentou: “Não temos dúvidas de que a taxa de infecções está relacionada, em parte, à falta de equipamentos de proteção individual. Sabemos que há uma escassez global, mas os enfermeiros são a linha de frente, são heróis e devem ser protegidos se estiverem. para continuar com o trabalho único que eles estão salvando vidas “.

Tema: https://blogs.ne10.uol.com.br


Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »