• 12 de agosto de 2022 21:02

Está aberta a temporada para ver baleias em Santa Catarina

ago 2, 2022
Compartilhe Boas Notícias

Baleias buscam as águas mais quentes do sul catarinense para dar à luz e promovem espetáculos diários aos turistas

O litoral Sul de Santa Catarina dá as boas-vindas à temporada da Baleia Franca. Até outubro é comum avistar baleias nas águas do mar catarinense porque, nesta época do ano, a região recebe a visita de centenas de mamíferos na chamada Rota da Baleia Franca, que compreende as praias de Laguna, Garopaba e Imbituba.

Imbituba tem o maior índice de presença da espécie no Brasil, é o único onde é possível avistar as baleias da praia.

A temporada das baleias franca é mais um convite aos encantos que a região oferece. No total, são mais de 150 mil hectares e 130 quilômetros de costa marítima, em uma APA (Área de Proteção Ambiental) criada em 2000 e que protege a enseada e áreas terrestres com muita natureza, cenários deslumbrantes, ecoturismo, história, cultura, praias belíssimas e até desertas, além de uma variada e renomada gastronomia e infraestrutura hoteleira com cerca de 450 empreendimentos, entre hotéis e pousadas para diferentes gostos e perfis de públicos.

Os passeios, idealmente acompanhados por guias, permitem avistar as baleias das dunas, costões e mirantes naturais, sendo a região, o único local do Brasil que é possível avistar as baleias da beira da praia!

Por que as baleias escolhem Santa Catarina?

As baleias francas chegam no litoral catarinense depois do fim do verão no hemisfério sul, em busca de águas mais quentes, tranquilas e rasas, que se confirmam o ambiente perfeito para acasalar, parir e amamentar seus filhotes.

Ao passar pelo inverno e parte da primavera, com os filhotes mais fortes, elas fazem o caminho de volta para a Antártida.

A baleia franca fêmea e adulta pode chegar até 18 metros e pesar até 60 toneladas, enquanto o macho mede, em média, 16 metros. O período de gestão é de um ano e o filho, em geral, nasce com quatro toneladas e quatro metros, mamando 200 litros de leite e engordando 50 quilos por dia logo nas primeiras semanas de vida.

De natureza dócil, a baleia franca está protegida de caça há menos de 50 anos. Embora recente, a proibição tem permitido a retomada das baleias, que chegaram a ser consideradas extintas em águas brasileiras: em setembro de 2021, foram avistadas 120 baleias.

Baleia “Guerreira” reaparece em Florianópolis depois de 10 anos

Foto: Divulgação | R3 Animal

Em 2002, uma baleia franca foi vista e identificada pelo projeto ProFRANCA (Projeto Franca Austral). Dez anos depois, a mesma baleia foi avistada em Bombinhas, mas desta vez estava ferida, vítima de um acidente com uma embarcação.

Na época, junto com um filhote, a baleia recebeu apoio da comunidade local e das instituições Associação R3 Animal, do projeto ProFRANCA para sua recuperação. A mãe e o filhote foram monitoradas de com a ajuda e um helicóptero da Polícia Militar de SC até que só restou uma cicatriz com três cortes lineares como consequência do acidente.

A baleia ganhou o apelido de guerreira e foi vista outras duas vezes depois do acidente, no Rio Grande do Sul e no Uruguai. E, na quarta-feira, 27 de julho, ela foi vista pela equipe da R3 Animal com mais um filhote na praia de Moçambique, em Florianópolis.

“Agora ela parece estar ótima e, pelos nossos cálculos, deve estar junto ao seu quarto filhote, o terceiro após sua visita que nos preocupou em 2012, revela Karina Groch, bióloga e diretora do projeto ProFRANCA.

Foto: Divulgação | R3 Animal

Roteiros

Entre os roteiros oferecidos na rota da Baleia Franca está a Praia do Rosa, considerada uma das maiores belezas do Brasil e parte integrante de um seleto grupo das 40 baías mais bonitas do mundo, com uma paisagem natural rústica e exuberante.

Entre as inúmeras opções, uma das mais procuradas é o “Final de Semana na Praia do Rosa e Rota da Baleia Franca 3 dias e 2 noites”, com hospedagem, transfer e passeios, em um roteiro que inclui o Safári Baleia para conferir de perto os animais que estão na região e a visita ao Santuário dos Botos Pescadores. Como a variedade é ampla, as opções estão reunidas no site.

Foto: Reprodução

No sábado, o Safari Baleia é realizado integralmente acompanhado por um guia. O roteiro inclui apresentação e vivência de experiências no destino, gastronomia típica, contemplação da natureza e, claro, avistamento de baleias (com raras exceções, uma vez que é um fenômeno da natureza), e visitação ao Instituto Australis/Projeto Pró-Franca, que é responsável pelo monitoramento da vida marinha e apoio à preservação da baleia franca. Com duração de um dia inteiro, os preços são a partir de R$ 250 por pessoa, para adultos, e incluem almoço (exceto bebidas e sobremesas). Bebês e crianças de até cinco anos não pagam. A partir de 5 e até 12 anos pagam R$ 220.

Já no domingo é dia de visitar o Santuário dos Botos Pescadores, uma interação com pescadores que permite avistamento de botos e muita integração com a natureza de Laguna. O passeio inclui a visitação em uma praia quase deserta e que esconde um “mistério”, a Pedra do Frade. Trata-se de um monumento natural de mais de 20 metros de altura e 5 metros de diâmetro, inclinada e com uma formação curiosa (uma rocha sobre outra rocha), o que lhe garante muitas histórias, lendas e especulações sobre como e por qual razão ela foi parar ali. Este roteiro começa às 9h e termina às 13h, com preços a partir de R$ 160 por pessoa e por adulto (crianças entre 5 e 12 anos pagam R$ 120 e bebês e crianças de até cinco anos não pagam).

Para mais informações acesse o site Ao Sul Natural ou envie uma mensagem o WhatsApp (48) 9-9144 1352.

Fonte

Leia mais notícias sobre Meio Ambiente clicando aqui

 88 Total Visualizações,  1 Visualizações Hoje