Federer doa R$ 5 milhões para ajudar no combate a covid-19

Tenista suíço resolveu apoiar as famílias mais necessitadas em razão da doença

Um dos maiores tenistas de todos os tempos, o suíço Roger Federer resolveu dar uma ajuda no combate à pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, ele e sua esposa Mirka Vavrinec anunciaram pelas redes sociais que farão uma doação de 1 milhão de francos suíços (R$ 5,08 milhões) para cuidar das famílias mais necessitadas na Suíça.

“Esses são tempos desafiadores para todos e ninguém pode ficar para trás. Mirka e eu decidimos doar um milhão de francos suíços para as famílias mais vulneráveis na Suíça. Nossa contribuição é apenas um começo e espero que outros também se juntem a nós para ajudar mais famílias necessitadas. Juntos podemos superar essa crise! Fiquem com saúde!”, escreveu o suíço em seu Instagram.

Neste momento, Federer segue em recuperação após realizar uma artroscopia no joelho em fevereiro. Por causa disso, ele não pode defender o título no ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e também não jogaria os Masters 1000 de Indian Wells e Miami, ambos nos Estados Unidos, além de toda a temporada de saibro, incluindo Roland Garros.

Mas com a suspensão do circuito profissional até pelo menos o dia 7 de junho, o atual número 4 do ranking da ATP deverá voltar a jogar, junto com todos os outros tenistas, na temporada de grama que terminará com a realização de Wimbledon, o Grand Slam disputado em Londres, na Inglaterra.

Fonte: https://www.terra.com.br/

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »