Inscrições da lista de espera do ProUni 2018 estão abertas

Inscrições da lista de espera do ProUni 2018 estão abertas
Avalie este conteúdo

Candidatos podem se inscrever até a próxima segunda-feira, 19 de março.

Estão abertas as inscrições para a lista de espera do Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2018. O prazo vai de hoje até segunda-feira, 16 a 19 de abril.

Faça aqui sua inscrição

As bolsas da lista de espera são destinadas aos candidatos que já haviam se inscrito no ProUni do primeiro semestre. Confira o que é preciso para concorrer à primeira e segunda opção de curso:

Primeira opção de curso

=> Candidato que não foi pré-selecionado nas convocações regulares.
=> Pré-selecionado na segunda opção de curso que foi reprovado pela não formação de turma.

Segunda opção de curso

=> Participante do ProUni não pré-selecionado nas chamadas regulares por ausência de formação de turma na primeira opção de curso.
=> Candidato que não foi pré-selecionado nas chamadas regulares por não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso.
=> Concorrente pré-selecionado na primeira opção de curso e reprovado pela não formação de turma.

Resultado da lista de espera 

Os contemplados com as bolsas da lista de espera serão conhecidos em 20 de março. Os concorrentes terão que confirmar as informações da inscrição nos dias 21 e 22 seguintes.

ProUni 2018/1

O Ministério da Educação (MEC) ofereceu 242.987 bolsas de estudos no ProUni 2018/1 (divididas em integrais e parciais).

As bolsas do ProUni 2018/1 foram destinadas aos candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e que tiveram média de 450 pontos e nota acima de zero na redação.

As bolsas integrais foram para candidatos com renda de até 1,5 salário mínimo por pessoa, enquanto as parciais foram voltadas aos concorrentes com rendimentos de até 3 salários mínimos por pessoa. Além disso, os candidatos tiveram que se encaixar em uma das situações abaixo:

=> Estudante que fez todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola particular ou
=> Pessoa com deficiência ou
=> Professor da rede pública de ensino, em exercício do magistério da educação básica, que seja integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e pretenda concorrer para bolsas somente nos cursos de licenciatura. Esta categoria não exigiu a comprovação de renda.

Mais informações na página do ProUni.

Fonte: Brasil Escola

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »