Jamaica quer banir lixo plástico enquanto gera renda para moradores

Compartilhe Boas Notícias

A Jamaica gera cerca de 800 mil toneladas de lixo residencial por ano, sendo que 15% são plásticos. Para frear os resíduos plásticos, que já afetavam as indústrias de turismo e pesca, o governo, em 2019, decidiu banir plásticos de uso único. Paralelamente, estão sendo implementadas iniciativas que buscam soluções inovadoras para o problema do plástico enquanto geram renda para a população local. 

Uma das ações é o Projeto de Minimização de Resíduos de Plástico, conduzido pelo Governo da Jamaica e a Agência Nacional de Meio Ambiente e Planejamento (NEPA) em parceria com o escritório caribenho do PNUMA. A iniciativa é voltada para a capacitação de moradores de Rae Town – o bairro costeiro de Kingston que mais sofre com a onda de poluição por plástico.

Visando fortalecer as estruturas que permitirão à Jamaica reduzir e gerenciar o lixo plástico, o projeto vai desde o upcycling criativo, passando por oportunidades de geração de renda, até iniciativas de proteção ambiental. 

No projeto-piloto, os moradores foram incentivados a participar de atividades de limpeza e seguirem os 4 R’s: Recusar, Reutilizar, Reduzir, Reciclar. Os resíduos plásticos coletados em praias, por exemplo, foram aproveitados para a fabricação de objetos, como vasos de plantas e brinquedos de playground. O trabalho é realizado em parceria com a empresa social local 360 Recycle, que produz e vende produtos plásticos reciclados.

“O projeto Rae Town é a prova de que, quando os legisladores e população trabalham juntos, é possível uma mudança sistêmica e sustentável”, diz Kashta Graham, gerente da iniciativa.

Os moradores também são incentivados a participarem de competições para buscarem novas formas de reaproveitar o lixo plástico em benefício da comunidade.

Outro desdobramento interessante do projeto é a parceria com o Lee’s Food Fair, um dos maiores supermercados da área metropolitana de KingstonPor meio de um programa de fidelização, os clientes ganham pontos de recompensa ecológica para cada 10 libras de plástico que levam para ser reciclado. 

O projeto é financiado pelo Fundo para o Meio Ambiente Global e o Governo Japonês com cofinanciamento do Governo da Jamaica.

Fonte: https://ciclovivo.com.br/inovacao/inspiracao/jamaica-banir-lixo-plastico-gera-renda/

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »