Marca de cosméticos famosa ganha certificação por não testar em animais

Você já parou para pensar quantos produtos você utiliza, no dia a dia, que faz teste em animais para melhorias?

Existe um projeto de lei para tornar obrigatório incluir um aviso legal na embalagem indicando testes em animais, mas até lá seguimos sem ter tanto noção do impacto do nosso consumo.

A marca de maquiagem americana, Cover Girl, ganhou recentemente o direito de utilizar a certificação Leaping Bunny – uma dos mais famosas e respeitadas certificações do ramo, do CFI (Cruelty Free International).

Ela é a maior marca a conseguir o selo! Para conseguir o reconhecimento foi preciso eliminar testes em animais na cadeia de produção completa – incluindo fornecedores de matéria-prima. Para manter a certificação é preciso realizar inspeções regulares e garantir que todos estejam cumprindo o prometido.

Coty, a holding responsável pela empresa, já anunciou interesse em aumentar as ações dentro do conceito de sustentabilidade, ética e preocupação do consumidor. O objetivo é adicionar mais marcas na certificação nos próximos dois anos.

A conquista abre brecha para que outras marcas consiga seguir o mesmo caminho. “Se nós conseguimos fazer com nosso tamanho e nossa complexidade todas as marcas conseguem fazer”, afirma Ukonwa Ojo, CMO do departamento de beleza da Coty. “Se todos fizermos juntos, podemos garantir uma indústria de comércio livre de testes desnecessários em animais”, completa.

Fonte: GreenestPost

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »