Memes podem ajudar a reforçar sua memorização; entenda

Compartilhe Boas Notícias

Por: NUNCA VI 1 CIENTISTA

 Lembra a cena de um filme que você viu há muito tempo, mas já esqueceu a senha que acabou de trocar? É assim mesmo. Isso prova que memória não é tudo igual.

 Lembra a cena de um filme que você viu há muito tempo, mas já esqueceu a senha que acabou de trocar? É assim mesmo. Isso prova que memória não é tudo igual. No vídeo de hoje, o nosso Lázaro Ramos da ciência, o mestrando em neurociência pela USP Raimundo da Silva S. Jr., explica os diferentes tipos de memória e diz como funcionam. E ainda dá dicas para você ficar craque em memorização.

Um caso de 1985 nos ajuda a entender como nosso cérebro trabalha a memória. Naquele ano, o pianista britânico Clive Wearing teve uma doença que destruiu boa parte do seu cérebro. Ele não conseguia se lembrar de várias coisas do passado e também não era capaz de guardar novas informações por mais de alguns segundos. Mas ele nunca esqueceu o piano e a esposa. O que isso significa?

Assista ao nosso vídeo que a gente passa mais detalhes para você.

O caso de Wearing nos ensina que há uma relação importante entre a memória e as emoções. E você pode trabalhar essa relação também. Associar o que você quer lembrar com algo que tenha impacto emocional, como algo engraçado —um meme, talvez— é um bom exercício 😉

 



Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/colunas/nunca-vi-1-cientista/2020/09/05/como-os-memes-podem-ajudar-a-reforcar-sua-memorizacao.htm

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »