Menina Down constrói carreira de sucesso como modelo

Menina Down constrói carreira de sucesso como modelo
Avalie este conteúdo

Grace Isabella Wharton assinou contrato com uma agência no ano passado e já fez trabalhos para a Disney.

Uma menina que nasceu com Síndrome de Down começou a construir uma carreira de sucesso como modelo infantil.

Grace Isabella Wharton, 7 anos, assinou contrato com uma agência no ano passado e já fez trabalhos para a Disney e para o CBeebies, canal de televisão da BBC voltado para o público infantil. A pequena também é estrela de uma campanha sobre diversidade chamada Behind The Scars (“Por Trás das Cicatrizes”, em tradução livre).

A menina está determinada a mostrar que a Síndrome de Down não define o que ela pode ou não pode fazer. Para isso, ela conta com a ajuda e o incentivo de seus pais, Cheryl e John Wharton, informou o Daily Mail.

Cheryl admitiu que ficou desolada quando descobriu que sua bebê nasceria com Síndrome de Down, mas o aborto nunca foi uma opção para ela e seu marido.

“Claro, fiquei desolada a princípio. Há muita negatividade entorno da Síndrome de Down. Eu chorei por 24 horas”, contou Cheryl. “Mas, acordamos na manhã seguinte e dissemos que não importava, esse era a nossa bebê. E a partir daquele momento, apenas celebramos tudo sobre ela. Ela é incrível.”

Hoje, Grace é representada pela Zebedee Management, uma agência formada apenas por modelos com algum tipo de deficiência. A co-fundadora, Laura Johnson, montou o negócio com sua cunhada, Zoe Proctor, e elas começaram a ter um impacto real na vida de pessoas como Grace no Reino Unido.

“Nós sentimos que não havia oportunidades suficientes para pessoas com deficiência dentro da moda, publicidade, TV e cinema e nós realmente queríamos ver uma mudança”, destacou Johnson. “Ela [Grace] definitivamente é uma das nossas histórias de sucesso.”

Assim, Grace e os pais conscientizam outras famílias que convivem com a Síndrome de Down, mostrando, a cada click da garotinha, um mais fofo que o outro, que ela não impede a pessoa de fazer o que tiver vontade.

“É muito importante transmitir a mensagem de que ela é apenas uma garotinha que tem Síndrome de Down”, afirma a mãe de Grace. “A sociedade está mudando muito – e para melhor. Espero que pessoas como Grace estejam mudando as perspectivas das outras pessoas. Ela continua desafiando todo mundo que lhe disse que não seria capaz.”

O pai da menina, John, acrescenta: “Ela sempre passa por tudo o que enfrentou. Ela é nossa pequena guerreira.”

Fonte: RPA

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »