Novidade no plantio da soja no RS, safrinha tem resultados positivos

Novidade no plantio da soja no RS, safrinha tem resultados positivos
Avalie este conteúdo

Produtores conseguem melhor aproveitamento das áreas de cultivo.
Investimento em tecnologia se mostra diferencial para bons resultados.

Os produtores de Cruz Alta, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, iniciaram a colheita da segunda safra de soja. Apesar de ainda ser uma novidade para os produtores da região, a safrinha se mostra como uma boa opção para incrementar a renda de famílias rurais.

A soja que está sendo colhida foi plantada em janeiro, fora do período normal de semeadura. A novidade vem sendo bem recebida pelos produtores como Ricardo Braga, que conseguiu aproveitar uma área para o cultivo de duas culturas diferentes. “Antes plantei feijão e colhi no início de janeiro com uma média de 30 sacas por hectare. Somando as duas receitas, dá para se dizer que o rendimento foi bom. Em um ciclo de 105 dias, tivemos produção média de 55 sacas por hectare”, contou.

O desenvolvimento de sementes mais resistentes tem possibilitado o cultivo fora de época. A safrinha torna-se, então, uma alternativa para aumentar o rendimento nas propriedades, proporcionando um melhor aproveitando das áreas irrigadas.

O preço das novas sementes varia de acordo com a tecnologia empregada no seu desenvolvimento. O agrônomo Cleiton Steckling explica que as plantas são diferentes das cultivadas em ciclo normal.

“O manejo para a produção de safrinha é bem diferente do que para a safra normal. Aqui preciso de um ciclo longo e com maior porte de plantas para que esse potencial produtivo possa ser atingido”, detalha o especialista.

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Seja o primeiro a comentar Assunto: "Novidade no plantio da soja no RS, safrinha tem resultados positivos"

Deixe um comentário

Translate »