Novo em folha! Apple vai permitir que assistências independentes adquiram peças originais para consertos

A Apple tem um amplo histórico de não ser muito simpática à ideia de que outras empresas consertem seus smartphones. Porém, isso pode estar mudando.

Algumas poucas empresas de reparos terceirizados até então eram privilegiadas com a oportunidade de adquirirem peças originais da Maçã para promoverem os serviços de manutenção. Elas fazem parte do programa de Provedores de Serviço Autorizado, que bem, cobra delas uma taxa para que possam ter a oportunidade de realizarem essas compras…

Isso está mudando, e nos Estados Unidos a gigante de Cupertino permitirá que reparos terceirizados também comprem peças originais. Para isso, precisarão fazer um curso de manutenção, e depois poderão adquirir ferramentas como manuais, telas, baterias, e produtos de diagnósticos para iPhones e outros dispositivos.

Segundo um documento ao qual o iFixit teve acesso, uma bateria original poderá custar entre US$ 16 e US$ 33, valores bem razoáveis. Porém, telas e outros componentes poderão ter preços exorbitantes que ultrapassam os valores de iPhones seminovos, mostrando que mesmo recorrendo a um serviço alternativo de manutenção, usuários que desejarem peças originais deverão continuar pagando caro pelo serviço.

A Apple deverá limitar que tipos de componentes poderão ser comprados, fazendo com que os serviços de reparo que comprem suas peças possam promover ajustes mais simples nos eletrônicos. Reparos complexos, por exemplo, deverão ser encaminhados a um centro de serviço da Maçã, ou então seguirão sendo promovidos com peças de terceiros.

Vale lembrar, a gigante de Cupertino agendou para o dia 10 de setembro seu grande evento anual onde novos iPhones são anunciados. O que veremos na data? Fique de olho no TudoCelular para não perder nenhum detalhe!

Fonte: Tudo Celular

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »