PMs pagam documentação atrasada de moto de porteiro que leva esposa à hemodiálise

PMs pagam documentação atrasada de moto de porteiro que leva esposa à hemodiálise
5 (100%) 1 vote

Em Tangará do Sul, município a 242 km de Cuiabá (MT), um grupo de policiais levou a sério o dever de “proteger a população”.

Ao se depararem com o porteiro Marcos Pereira da Cruz, cuja moto estava com documentos vencidos, eles ouviram a situação – e foram responsáveis por proporcionar um final feliz para a história!

Há seis anos, Marcos leva a espora para a hemodiálise três vezes por semana, nos últimos meses, ela havia sido diagnosticada com um tumor entre o útero e o ovário, o que agravou seu estado de saúde.

Para ir ao hospital, o casal contava apenas com a moto, ganha do irmão de Marcos. O porteiro afirmou que precisou gastar com o conserto do motor do veículo, que estava velho, e, com isso, atrasou o pagamento da documentação. À reportagem, ele disse que chegou a transportar a esposa de bicicleta, mas a distância era longe e a moto se tornou o único meio de transporte disponível.

O tenente Gabriel Foletto se comoveu com a história. Após publicar um relato nas redes sociais, contou com a ajuda de outros policiais para reunir o valor necessário para o pagamento da documentação que faltava. Ao todo, foram arrecadados R$ 450 para o porteiro quitar os valores pendentes. A situação ocorreu há cerca de duas semanas e o pagamento já foi efetuado.

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »