Samba de Rainha homenageia mulheres sambistas no Largo da Batata

Criado com o objetivo de resgatar a participação feminina no gênero samba, o grupo Samba de Rainha exalta o trabalho de mulheres sambistas em um show neste sábado, dia 31.

O encontro musical acontece no Z – Largo da Batata, às 21h, com ingressos a partir de R$20.

Formado por cinco mulheres em 2004, o conjunto dedica seu repertório à composições autorais e às obras de compositoras e intérpretes como Clara Nunes, Alcione, Beth Carvalho, Leci Brandão e Dona Ivone Lara. Embora toquem sambas escritos por homens também, as figuras femininas são suas principais referências.

Entre os destaques do show estão “Vou Festejar”, interpretada por Beth Carvalho; “Guerreira” e “Mineira”, consagradas na voz de Clara Nunes e “Não Deixe o Samba Morrer”, eternizada por Alcione.

As Rainhas já dividiram o palco com Preta Gil, Mart’nália, Leci Brandão e Marcelo D2. Atualmente, o grupo trabalha na produção de seu quarto disco e investe em um trabalho voltado ao pop.

Fonte: Catraca Livre

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »