Savage X Fenty da Rihanna está tomando o lugar da Victoria´sSecrets

Compartilhe Boas Notícias

Graças às redes sociais o mundo da publicidade teve que se abrir para algo que antes não existia: os bastidores. Há anos vemos propagandas que mostram mulheres e homens com a aparência perfeita, o emprego perfeito, a família perfeita, ou seja, a vida perfeita.

Essa perfeição fabricada e construída cuidadosamente foi aos poucos sendo desconstruída graças ao Facebook, ao Youtube,ao Twitter, ao Blogspot, e ao Instagram. É claro que ainda há quem poste uma vida plástica, mas a imperfeição ganhou uma voz.

 E os publicitários se adaptaram, colocando vozes comuns para vender os seus produtos e os seus serviços, eles perceberam que o imperfeito também vende e em alguns casos ainda mais que o perfeito. Agora há espaço para o que é diferente e não segue o padrão fabricado, a vida real tem um espaço para se expressar.

Um exemplo bastante recente e que reflete essa nova mentalidade é a marca de lingerie da Rihanna, a qual hoje tem mais valor de mercado do que a Victoria´s Secrets, já que vem crescendo mais. Em abril de 2018, a pouco mais de um ano e meio atrás, Rihanna lançou Savage X Fenty, uma marca totalmente inclusiva para todos os tipos de corpos, o qual vai do tamanho pequeno até extra grande.

Desde então, essa nova marca juntamente com a marca de produtos de beleza Fenty fizeram com que Rihanha se tornasse uma das mulheres mais ricas do mundo. Ao mesmo tempo que a gigante americana que vem há décadas no mercado de lingerie fechou mais de 50 lojas somente no primeiro semestre de 2019, devido ao cansaço do público com o padrão de beleza inalcançável que a marca vem transmitindo e alimentando há anos, mas que não condiz com a nova realidade de mercado.

Um ponto de diferenciação claro das duas marcas é o desfile para apresentar uma nova coleção. Enquanto o desfile da Victoria´s Sectret é uma show business de entretenimento, o da Savage X Fenty é um espetáculo de arte para se repensar os padrões impostos à mulher na sociedade. Em uma entrevista para a Vogue dos Estados Unidos o diretor criativo da VS falou que nunca colocaria uma modelo transgênero em sua passarela, depois de várias críticas, ele foi demitido.

Victoria´s Secret vem tentando se adaptar a esse novo mercado, e até mesmo contratou a sua primeira modelo transgênero, a qual é brasileira. Valentina Sampaio foi a primeira modelo transgênero a ser capa da Vogue da França e também da Vogue do Brasil e agora com apenas 22 anos teve outro grande feito. Com esta contratação a marca mostra que está tentando ao máximo dar o que o público procura: diversidade e mulheres imperfeitas, mas reais. Rihanna sempre trabalhou com mulheres trans em suas marcas e não faz distinção, já que para ela, mulher é mulher não importando se é trans ou não. 

Neste momento as duas marcas são rivais e competindo no mesmo mercado, mas anteriormente, Rihanna chegou a cantar em shows da Victoria´s Secret, o que é bastante relevante para um artista do meio musical fazer e se destacar. Uma das apresentações mais marcantes foi em 2012 quando ela cantou o seu hit Diamonds.

Você acha que Savage X Fenty da Rihanna está tomando o lugar da Victoria´s Secret? E será que a VS vai conseguir se recuperar? Para conhecer mais sobre a marca da Rihanna, o último desfile está disponível no Amazon Prime desde 20 de setembro de 2019. Assista.

Imagem:https://unsplash.com/photos/5sAH-YzM0RY

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »