Tarsila do Amaral ganha retrospectiva em museu de NY

Avalie este conteúdo

Brasileira terá história contada no renomado MoMA.

Se, em meados dos anos 1920, o conservadorismo costumeiro que marca a burguesia brasileira virou os olhos para o trabalho que a pintora Tarsila do Amaral realizava, hoje, passados quase 100 anos, suas obras a afirmam não só como a mais importante artista plástica do Brasil, como garante a ela o título um tanto incontestável de inventora da arte moderna brasileira. Agora, pela primeira vez as portas do maior museu de arte moderna dos EUA, o MoMA, se abrem para Tarsila, com a retrospectiva Tarsila do Amaral: Inventing Modern Art in Brazil (Tarsila do Amaral: Inventando a arte moderna no Brasil).
A frase que abre a retrospectiva, da própria pintora, define qual seria seu destino: “Eu quero ser a pintora do meu país”. Levando sua obra pela primeira vez aos EUA, o Museu de Arte Moderna de Nova York oferecerá ao público um passeio completo pelo trabalho de Tarsila, incluindo suas mais icônicas obras, como o Abaporu e Operários – em uma exposição com mais de 100 trabalhos, entre pinturas, desenhos, rascunhos, fotos e documentos históricos de coleções do mundo todo.

Fonte: Hypeness

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »