Time ingles adapta treino de suas jogadoras de acordo com ciclo menstrual

Clube é o primeiro na história a implementar nova organização

O Chelsea, clube de futebol londrino, anunciou uma mudança que, mesmo que pequena, é extremamente significativa para o mundo do esporte. O time se tornou o primeiro do mundo a adaptar treino e alimentação de suas jogadoras de acordo com o ciclo menstrual de cada uma delas.

Segundo o The Telegraph, o acompanhamento será feito com ajuda de um aplicativo, o FitrWoman, que começou a ser utilizado em 2019, pela seleção dos Estados Unidos, durante a Copa do Mundo de Futebol Feminino. No caso de clubes, porém, o Chelsea é o primeiro na história a realizar o processo.

A ideia é uma iniciativa da técnica Emma Hayes, que acredita que as jogadoras têm sido tratadas como se tivessem corpos semelhantes ao dos homens, quando há contrapontos e características específicas que sofrem impacto pelo ciclo menstrual.“É justo dizer, eu sou uma técnica mulher em uma indústria onde as mulheres sempre foram tratadas como homens”, afirmou Hayes. “Todos os métodos, da parte do fortalecimento físico à estrutura tática, sempre foi feito baseado no que os homens faziam”, completou.

O mais interessante da questão é que, diferente de outras mudanças que aconteceram no futebol feminino recentemente, a implementação de treinos e dieta ajustados de acordo com o ciclo menstrual é algo que surge internamente. Em vez de a FIFA regulamentar algo, as próprias profissionais do meio se mobilizam para aprimorar seus trabalhos.

Fonte: B9

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »