Vendedor de picolé recolhe lixo durante trabalho e ajuda a limpar praias de Vila Velha, ES

Entre idas e vindas pela areia, Marco Antônio já juntou mais de 30 mil guimbas de cigarro, 4 mil garrafas pet e 700 hastes de pirulito desde o começo de 2018.

Além de aliviar o calor dos banhistas, um vendedor de picolé tem chamado a atenção ao aproveitar o período do trabalho para recolher lixo das praias de Vila Velha. Entre idas e vindas pela areia, ele já juntou mais de 30 mil guimbas de cigarro, 4 mil garrafas pet e 700 hastes de pirulito desde o começo de 2018.

Marco Antônio Marques conta que trabalha das 9h às 18h e recolhe o lixo na praia há quase um ano, quando perdeu o emprego e passou a vender picolé.

No caminho que ele percorre, não sobra rastro de sujeira. Com uma espécie de braço mecânico, que ganhou de presente, ele vai recolhendo todo o lixo que vê.

“Eu ficava sempre abaixando e levantando. Aí um senhor me deu de presente. É muito mais prático e eu consigo catar mais resto de lixo”, explicou.

Planos

Todo o lixo é levado para a casa dele e contabilizado em uma tabela atualizada diariamente. A intenção é usar tudo para fazer um mosaico e chamar a atenção das pessoas para a quantidade de lixo deixada nas praias.

A ação tem impressionado os banhistas, que elogiam a atitude do trabalhador. “Um trabalho diferenciado, que é louvável, Tá de parabéns”, disse um motorista de aplicativo, Marcio Brito.

Fonte: G1

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »