• qua. abr 17th, 2024

Tudo o que você precisa saber para plantar girassol

fev 2, 2023
Compartilhe Boas Notícias

Chegou o verão e, com ele, o sol forte! E poucas flores representam melhor este momento do que a Helianthus, comumente conhecidas como girassóis. Fácil de cultivar, esta planta pode deixar o seu jardim lindo.

Pouca gente sabe que é possível ter girassol no quintal, mas isso é possível graças à enorme variedade de cores e alturas da espécie – algumas plantas podem chegar a ter mais de 3 metros!

Além da beleza, estas flores garantem alimentos para aves e esquilos, ajudando a atrair esses bichos e garantindo uma biodiversidade bonita de se ver. E, para melhorar, nós também somos uma espécie que pode se alimentar de sementes de girassol.

Ficou com vontade de plantar girassol? Confere as dicas a seguir!

Como plantar girassol?

Faça muda com as sementes

Plantar sementes de girassol é uma tarefa rápida e fácil, mas antes é preciso escolher o local certo e preparar o solo.

Escolha um local ensolarado, afinal os girassóis amam o sol. Procure um espaço com muita luz solar e lembre-se que, como para a maioria dos girassóis cresce bastante, a sombra deles podem interferir nas espécies que estão ao redor.

Agora é preciso preparar o solo com compostos orgânicos e garantir uma boa drenagem e esperar a época certa. Um bom momento para plantar girassol é o final da primavera, quando o solo estiver bom e quente, já que a maioria dos girassóis germina quando o solo atinge de 21°C a 30°C.

Plante as sementes

Girassóis diferentes requerem profundidades e espaçamentos de plantio diferentes, mas, de forma geral, você pode colocar as sementes com pelo menos 1,2 cm de profundidade. Espace as sementes com 15 cm de distância. Se plantar em fileiras, opte por deixar entre 60cm e 90cm entre elas.

As plantas devem ser podadas em algumas semanas para garantir o espaçamento adequado. Se a temperatura do solo estiver correta, as mudas de girassol brotarão em 10 a 14 dias.

Como é uma planta que exige espaço, se for usar vasos, plante três sementes em vasinhos para mudas de 7cm a 10cm. Vale lembrar que nossa vasos, o solo deve ter uma drenagem ainda melhor. Nesses casos, a germinação geralmente ocorre em 6 a 10 dias.

Muita água no plantio

Como as sementes de girassol contêm grandes quantidades de óleo natural, elas precisam de muita água para germinar. Após o plantio, regue o solo completamente.  Mantenha o solo úmido com regas leves e frequentes até que ocorra a germinação. Caso plante dentro de casa, cubra os vasos para mantê-los úmidos. Remova a cobertura assim que as sementes germinarem.

Replante as mudas

Assim que as mudas mostrarem o seu primeiro conjunto de folhas, elas podem ser plantadas no local definitivo. Girassóis pequenos podem exigir apenas 15 cm cada planta, enquanto grandes variedades podem precisar de até 1 metro.

Espaços mais próximos são possíveis pensando na estética do jardim, mas plantas aglomeradas produzirão flores menores. Mudas de girassol dentro de casa devem ser reduzidas a uma muda por vaso. Basta escolher o girassol mais forte e descartar os outros.

Cultivo e cuidado com os girassóis

Os girassóis praticamente crescem sozinhos, sem pedir muitos cuidados. E uma vez que os girassóis começam a crescer, eles se desenvolvem rapidamente.  O cuidado com o girassol requer apenas algumas dicas básicas de cultivo. Confira:

1. Água

Embora os girassóis exijam muita água para germinar, eles precisam de apenas um pouco de água por semana durante a fase de crescimento. O ideal é regar para garantir que os 15 centímetros do solo estejam úmidos.

2 – Adubo

Se você preparou seu solo com composto ou estrume, não deve precisar de fertilização extra durante a fase de crescimento. Mas, se achar que suas plantas precisam de melhor nutrição, coloque fertilizantes orgânicos ao redor do caule. Existem opções comerciais específicas para girassol, mas um bom composto orgânico já resolve.

3 – Outras plantas e ervas

Um dos maiores riscos para o girassol são ervas que competem com a planta por umidade e nutrição. Se você não quiser arar, capinar ou puxar as ervas daninhas com a mão, o ideal é colocar uma camada generosa de cobertura seca para impedir o crescimento de outras espécies em volta dos seus girassóis. Além disso, deixe uma área de solo descoberto ao redor de cada talo de girassol.

4 – Ameaças ao girassol

A maioria dos girassóis depende fortemente de insetos polinizadores, portanto, o uso de inseticidas deve ser evitado. Até porque o dano causado por “pragas” normalmente não tem impacto no desenvolvimento da espécie.

Existem algumas doenças relacionadas ao cultivo de girassol, mas elas estão relacionadas ao cultivo em grande escala e colheitas agrícolas. Quando isso ocorre, a única opção é remover e destruir as plantas afetadas. A melhor prevenção é o espaçamento adequado das plantas em solo bem drenado.

5 – Colheita de sementes de girassol

O girassol é uma espécie tão atrativa que você pode desfrutar tanto da beleza das flores quanto de suas delicadas sementes, que podem ser adicionadas a pães, comidas em saladas ou mesmo transformadas em uma cremosa manteiga de girassol.

Para colher as sementes, no entanto, é preciso fazer a colheita antes que os pássaros ou os esquilos cheguem. As sementes começarão a se voltar ao solo à medida que as pétalas das flores secam e caem. Quando isso acontecer, corte as cabeças das sementes com uma quantidade generosa de caule e pendure em um local quente e seco, longe de roedores e insetos.

6 – Não se apresse

Espere até que a parte de trás da cabeça do girassol fique marrom antes de colher as sementes. Embora você possa colher sementes maduras mais cedo, o escurecimento da cabeça permite uma remoção mais mais fácil e rápida.

As sementes caem naturalmente das cabeças das flores à medida que secam. Para pegar todas as sementes que puder, coloque uma rede ou um saco de papel com orifícios de ar sobre cada cabeça.

7 – Remova e guarde as sementes

Depois de totalmente secas, as sementes são fáceis de remover. Você pode pegar uma cabeça de girassol em cada mão e esfregar as suas faces para desprender as sementes. Ou você pode simplesmente usar uma escova para retirar as sementes.

Para manter as sementes de girassol o mais frescas possível, guarde em potes de vidro herméticos na geladeira. Isso mantém os níveis de umidade baixos.

Perguntas e respostas sobre o cultivo de girassol

1- De quanta luz solar os girassóis precisam? Os girassóis precisam de sol pleno para o melhor crescimento. Embora sejam necessárias apenas seis horas de sol, quanto mais sol um girassol recebe, melhor é o crescimento. Se você agrupar as plantas muito próximas umas das outras,  as folhas ficarão sem luz solar. Isso faz com que a planta cresça muito rapidamente e produza hastes fracas à medida que as plantas alcançam mais luz.

2 – Qual a velocidade do crescimento? Os girassóis crescem rapidamente. Muitos podem atingir até 3,6 metros de crescimento em apenas 3 meses. Com as condições adequadas de cultivo, os girassóis devem atingir a maturidade em 70 a 100 dias após o plantio.

3 – Quanto tempo vivem os girassóis? A maioria dos girassóis são anuais. Eles germinam no final da primavera, florescem durante o verão e morrem na primeira geada do outono. Ao considerar como cultivar um girassol que dure todo o verão, o melhor plano é plantar seus girassóis a cada poucas semanas para estender o tempo de floração.

4 – Dá para  girassóis em um vaso? Você pode cultivar algumas variedades de girassóis em vasos e recipientes, como os girassóis anões.  Em vez de apresentar um girassol em um único caule, as variedades anãs são densas e podem apresentar mais de uma flor por planta. Em vasos, a espécie tem as mesmas necessidades de água, fertilização e luz solar em jardins ou recipientes.

5 – Por que meus girassóis começam a ficar voltados para o chão?  Quando os girassóis são jovens, eles exibem heliotropismo. Isso significa que suas cabeças floridas rastreiam o sol conforme ele se move no céu. À medida que o caule amadurece e se torna lenhoso, o rastreio geralmente se torna menos perceptível. As folhas ainda podem seguir o sol, mas a flor não. Em muitas variedades, a maturidade faz com que o girassol fique de frente para o solo, um truque da planta para evitar os danos causados por aves.

Tipos de girassol

Os girassóis vêm em uma ampla variedade de tamanhos e cores. Alguns dos girassóis de jardim mais populares incluem:

  • Mammoth – o gigante dos girassóis do jardim. Esta planta relíquia cresce até 3,6 metros de altura e apresenta grandes flores de 30 centímetros de largura com sementes abundantes. O crescimento rápido é uma sebe, tela ou floresta solar perfeita para crianças. Plante as sementes com 2,5 cm de profundidade e separe 60 cm entre elas para obter os melhores resultados.
  • Autumn Beauty – uma escolha vibrante para jardins de flores. As flores apresentam botões de 20 cm de largura em combinações de amarelo brilhante, bronze e roxo. Crescendo até 1,2 m de altura e apresentando vários ramos, a Autumn Beauty é uma excelente flor de corte para arranjos florais. Também conhecida como girassol comum, a planta tem botões de flores comestíveis que ficam deliciosos quando batidos e fritos. As sementes devem ser plantadas com 5 cm de profundidade e espaçadas com 45 cm de distância.
  • Moulin Rouge – não é o girassol típico. As pétalas vermelho-escuras têm apenas um leve toque de amarelo na base, destacado por um centro de ébano. É fácil de cultivar. Alcançando apenas 4 metros de altura, as flores escuras têm apenas 10 centímetros de largura. A Moulin Rouge é uma excelente flor de corte porque não contém pólen.
  • Teddy Bear – apresenta flores totalmente duplas e fofas, atingindo até 15 cm de diâmetro. Sem o centro plano, as suas flores apresentam uma cor de amarelo profundo. Este girassol anão é ideal para vasos. Plante em grupos de 3 a 4 sementes a uma profundidade de 1,2 cm. Reduza a espessura de 2,5 cm quando as mudas estiverem com três semanas de idade.

Fonte

Loading