1º centro comunitário agrícola das Américas oferece alimentos gratuitos para milhares de pessoas

Quem fosse ao distrito de North End, localizado no centro da cidade de Detroit, nos EUA, há oito anos, simplesmente não o reconheceria.

Isso porque a região, antes abandonada e com graves problemas de segurança e desvalorização imobiliária, foi completamente revitalizada graças a um centro comunitário agrícola.

O termo pode soar estranho, porque de fato não é comum: North End foi o primeiro lugar das Américas a receber uma iniciativa do tipo. Na prática, o centro comunitário agrícola ocupa uma área de 30 mil m², onde antes estavam imóveis abandonados, para cultivar frutas, legumes e verduras diversos – e fresquinhos! – para a população.

Por ser comunitário, todos podem colher gratuitamente alimentos no local. Mas também é importante que cuidem do cultivo, já que não há um responsável oficial para o serviço. Até agora, o modelo está funcionando superbem!

Segundo a ONG Michigan Urban Farming Initiative, desde que foi implementado, em outubro de 2011, o centro comunitário agrícola revitalizou North End e atraiu novos residentes e investimentos comerciais para a região.

Tudo graças à ajuda de uma equipe de 8 mil voluntários locais, que seguem ativos e são responsáveis pelo sucesso da iniciativa, que atualmente consegue garantir alimentos frescos e gratuitos para 2 mil pessoas que vivem no centro da cidade de Detroit.

Fonte: The Greenest Post

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »