Voluntárias confeccionam mantas para idosos de asilos

Voluntárias confeccionam mantas para idosos de asilos
Avalie este conteúdo

Um grupo de voluntárias confecciona mantas para idosos moradores de abrigos e asilos que não têm contato com seus familiares.

Um grupo de voluntárias confecciona mantas para idosos moradores de abrigos e asilos que não têm contato com seus familiares. Em um ano, o Coletivo Solidário RJ doou cerca de 81 mantas e 9 toucas.

O coletivo é administrado por três amigas que se conheceram em workshops de crochê e decidiram usar suas habilidades para promover o bem e realizar trabalhos voluntários.

As voluntárias se encontram para crochetar uma vez por mês, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, em locais cobertos, pois uma delas tem lúpus e não pode pegar sol. Os encontros têm uma média de 40 voluntárias.

Elas aquecem o corpo e o coração dos idosos com mantas 100% artesanais, usando diferentes técnicas têxteis, como tear, tricô e crochê. O Coletivo Solidário RJ realiza campanhas em suas redes sociais para angariar lãs e quadradinhos (20cmx20cm) e inspirar novas voluntárias para aumentar sua produção.

O projeto também é uma oportunidade de realização pessoal para as crocheteiras, pois a arte de crochetar gera endorfina e a vontade de fazer mais – sensações e desejos comprovados até pela neurociência, afirma o coletivo.

“Temos voluntárias que melhoraram visivelmente os seus quadros psicológicos em virtude da sua atividade manual com propósito.”

Qualquer pessoa pode participar da iniciativa. Não precisa saber costurar, como dizem as voluntárias, “a causa é ampla, se você não sabe como ajudar, a gente dá um jeito”. Pode ser doando um novelo de lã ou dirigindo nas entregas das mantas.

O Coletivo Solidário RJ considera quatro fatores na hora de escolher a instituição que vai receber as mantas:

– Ausência de participação dos familiares no abrigo ou asilo escolhido, pois entendemos que a necessidade de um carinho fraterno pode ser proporcionada pela manta (sensação de acolhimento).

– Possibilidade de o abrigo aceitar a doação, pois entendemos que exige uma demanda de limpeza e organização.

– Identificamos a quantidade necessária de mantas a serem doadas para avaliarmos se teremos capacidade de produção para atender a demanda da instituição.

– Checamos com a instituição se todos necessitarão de mantas e, quando a resposta for não, procuramos atender à necessidade doando gorros ou sapatos de lã.

Adorou o projeto e quer ajudar crochetando, nas entregas das mantas ou em qualquer função que as meninas acharem que você pode contribuir? Então, entre em contato pelo Instagram ou Facebook.

 

Fonte: Razões Para Acreditar

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »