• 25 de junho de 2022 16:50

Empresa paga R$ 53 mil para pessoas acharem memes e bizarrices na internet

nov 4, 2020
Compartilhe Boas Notícias

Você está procurando um emprego temporário? Então confira essa vaga: o navegador Opera está buscando pessoas de qualquer lugar do planeta que queiram navegar na internet por 15 dias, acessando memes, fatos bizarros e conteúdos divertidos. O contratado para o “cargo” de “navegador pessoal” da companhia irá receber como remuneração o valor de US$ 9,4 mil (mais de R$ 53 mil).

Diferente dos anúncios convencionais, a oferta do site oficial da Opera diz que não serão levadas em consideração as experiências profissionais anteriores no currículo dos candidatos. Mas, na verdade, a empresa procura “o tipo de pessoa que adora memes bobos, [e que adore] assistir a vídeos de focas de bebês e estudar teorias da conspiração”.

Em troca pelo serviço de achar esses conteúdos divertidos, a companhia — que jura que o anúncio não é brincadeira — também promete “fama mundial” à pessoa selecionada para a vaga. Isso pois a jornada do candidato selecionado será registrada por meio das redes sociais da Opera.

Para se candidatar, você deve ter mais de 18 anos, amar internet, saber o que é um navegador, ser o tipo de pessoa que fala muito sozinho, saber falar inglês fluentemente e, claro, ter um computador e uma conexão de internet estável.

Achou interessante? Para se inscrever, basta gravar um vídeo de 15 a 60 segundos contando qual foi o momento mais importante que você teve navegando pela internet. “Pode ser qualquer coisa, desde um incidente engraçado a uma revelação muito séria — depende totalmente de você”, explica o anúncio da vaga.

Com o vídeo finalizado, é preciso postá-lo no Facebook, no Instagram, no TikTok ou no YouTube e colocar a hashtag #operapersonalbrowser. Vale lembrar de alterar as configurações de privacidade para “público” para que os recrutadores tenham acesso ao conteúdo.

Serão considerados vídeos postados até o dia 13 de novembro.

A companhia dará mais detalhes sobre as próximas etapas do projeto para os autores das gravações selecionadas. Mas o anúncio já adia que a pessoa escolhida atuará como uma contratante independente de um dos parceiros da empresa, portanto, não será um funcionário da marca em si.

Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/11/03/empresa-paga-r-53-mil-para-pessoas-acharem-memes-e-bizarrices-na-internet.htm

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

 20 Total Visualizações,  2 Visualizações Hoje