• 20 de agosto de 2022 00:25

8 plantas que você pode cultivar na água

mar 29, 2022
Compartilhe Boas Notícias

Você sabia que existem plantas domésticas que são geneticamente programadas para formarem raízes a partir de pedaços expostos à umidade? O caroço do abacate ou o topo da cenoura, ao serem inseridos em um copo com água, conseguem produzir uma nova muda.

plantas na água
Foto: The Spruce – Publicidade – Por Luiza Cesar | Casa.com.br

Essa é uma variação e adaptação de sobrevivência, que você pode utilizar em casa para multiplicar a sua horta ou começar uma do zero.

Conheça 8 espécies que você pode cultivar na água

Violeta africana

Foto: Reprodução | Casa.com.br

As flores de cores vivas nascem a partir de folhas em água. Selecione ramos jovens e saudáveis para iniciar o cultivo, corte cerca de 5cm de caule e coloque em um frasco estreito para mantê-los suspensos e secos. Em um mês as raízes já começam a se formar e, em seguida, as mudas se introduzem. Não se preocupe se algumas surgirem multicoloridas, nem sempre elas são um clone da planta-mãe.

Lágrimas de bebê

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Esta planta rasteira produz em grande quantidade folhas bem pequenas e forma uma aglomeração densa. As lágrimas de bebê crescem com muita facilidade em ambientes úmidos, apenas colha um cacho e tome cuidado para que alguns ramos não fiquem submersos e apodreçam.

O ideal é trocar o líquido semanalmente, removendo pedaços perdidos e flutuantes. Com as raízes bem estruturadas, não tenha medo de deixar o nível da água cair, pois ela conseguirá se manter e cuidar de suas extremidades.

Begônia

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Mudas de begônias de cera, rex e tuberosas brotam na água com uma única folha. Aqui, também é aconselhável purificar o vaso semanalmente para evitar bactérias e, consequentemente, o apodrecimento. Tenha em mente que elas podem demorar meses para se configurar, por isso, não tenha pressa.

Cóleus

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Com variações em laranja, roxo e verde, essa planta tropical se tornou muito popular. Para evitar os preços altos, corte 15cm de um ramo e remova as folhas dos 10cm inferiores. Coloque-as em um recipiente e em semanas já estarão se desenvolvendo. Adicionar um pouco de chá de composto durante as trocas mensais ajudará na prosperidade.

Impatiens

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Os impatiens adoram lubricidade e, muitas vezes, crescem nas margens de lagos. Corte alguns caules amadurecidos e deixe-os em um vaso, onde criarão raízes. Na primavera, você terá uma plantação para começar um jardim sombreado.

Bambu-da-sorte

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Sem a necessidade de solo, os caules do bambu são resistentes e uma peça central. Muitos cultivadores treinam os talos em espirais ou formas entrelaçadas, o que pode tornar sua parte superior mais pesada, exigindo muito mais que umidade para se manterem no lugar. Cascalho e pedras coloridas aumentam o valor ornamental e fornecem suporte para o bambu-da-sorte, sendo assim, coloque bastante ao seu redor.

Filodendro

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Uma ótima introdução ao cultivo de plantas na água, o filodendro não se importará de doar seus caules para o cultivo na umidade. Além de crescerem em qualquer tipo de luz, ficam muito bonitos em recipientes de diferentes tamanhos e cores. Se tiver mais haste do que folha no seu ramo, direcione o reservatório para um local com mais luz e o crescimento voltará ao normal.

Lambari

Foto: Reprodução | Casa.com.br

Este é um dos ramos mais fáceis de serem cultivadas com umidade. Observe atentamente os nós dessa espécie, ao longo do caule, e você notará as raízes esperando para crescer. Além do processo ser simples, é uma bela flor para adicionar na decoração.

Com informações de The Spruce

Fonte

 290 Total Visualizações,  1 Visualizações Hoje