Comerciante coloca em loja sofá, água e ração para cães de rua: ‘Faço o que não fazem’

Compartilhe Boas Notícias

Maurílio Mendes transformou loja de artigos para presentes em refúgio para animais abandonados. Atitude tem chamado a atenção de quem passa pela Rua Floriano Peixoto, em Capão Bonito (SP).

Comida, sombra, água fresca e um sofazinho: é isso que um comerciante de Capão Bonito (SP) oferece aos cães de rua. Ele transformou a própria loja de artigos para presentes em um refúgio para animais abandonados.

O comerciante Maurílio Mendes contou que já até chegou a ser parabenizado por cuidar dos cães.

“Eu só faço o que não fazem. Sempre gostei de cachorro, então deixo água, comida e também o sofá para eles descansarem.”

Maurílio afirma que não sabe ao certo quando passou a cuidar dos animais de rua, mas depois que adotou uma cachorrinha, outros animais passaram a frequentar a loja.

“Normalmente uns seis animais descansam por aqui, outros só comem e vão embora. Mas eles nunca chegaram a atrapalhar a clientela da loja”, afirma.

A atitude de Maurílio tem chamado a atenção de quem passa pela Rua Floriano Peixoto. Nesta sexta-feira (22), Indianara Dominguez viu os cães dormindo no sofá e decidiu compartilhar nas redes sociais.

“Enquanto uns maltratam, outros enxotam e outros até matam esses pequenos seres indefesos, esse senhor os acolhe com amor na entrada da sua loja”, escreveu Indianara no post.

Ela contou a reportagem que nunca havia se deparado com um local que oferecesse descanso dos bichinhos.

“Eu já vi pessoas que deixam cachorros entrarem nos estabelecimentos para se abrigar da chuva ou do calor, mas a pessoa ter um sofá só para os cachorrinhos que nem são dele, foi a primeira vez. Tinha até um cobertorzinho. Achei inacreditável, pois nos dias de hoje o que mais vemos é maus-tratos e desamor.”

Segundo Indianara, ela decidiu compartilhar o caso nas redes sociais para que atitudes como esta se tornem cada vez mais comuns.

“Quanto mais gente souber dessa atitude dele, mais pessoas podem copiar a boa ideia.”

Fonte: G1

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »