Igualdade: Nova York obriga que banheiros masculinos tenham trocador de fraldas

Avalie este conteúdo

Medida prevê que prédios públicos disponibilizem o espaço a ambos os gêneros, e não só nos banheiros femininos.

Passa a valer neste ano lei determinando que banheiros masculinos do estado de Nova York, nos Estados Unidos, contem com espaço destino a troca de fraldas. A iniciativa visa combater a ideia de que cuidar dos filhos é tarefa apenas das mães, já que é comum que apenas os banheiros femininos tenham trocador.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou em abril de 2018 que a determinação estava sendo pensada como parte de sua agenda para as mulheres. Na prática, devem ser fornecidos trocadores em prédios e espaços públicos novos ou reformados, incluindo restaurantes e parques.

“Trocadores deverão estar disponíveis tanto a homens quanto a mulheres, sendo que pelo menos um deverá ficar disponível a ambos os gêneros, em um espaço acessível ao público”, diz o comunicado do gabinete do governador.

O Senador Brad Hoylman, que inicialmente propôs a medida, comemorou a decisão em comunicado: “Estamos dando um passo importante em reconhecer mudanças nas normas de maternidade e paternidade, incluindo uma geração de pais gays como eu que não precisarão mais trocar as fraldas dos filhos no chão dos banheiros porque não há trocadores disponíveis no banheiro masculino”

Em 2016, o então presidente americano Barack Obama havia assinado a lei que tornava banheiros acessíveis, determinando que todos os prédios federais tivessem trocadores de fraldas tanto nos banheiros femininos quanto nos masculinos.

Fonte: Claudia

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »