Mãe doa quase 450 litros de leite materno para outras mulheres com bebês

Mãe doa quase 450 litros de leite materno para outras mulheres com bebês
Avalie este conteúdo

Há mulheres que sentem dificuldades em amamentar seus filhos, seja por questões emocionais ou fisiológicas, como dor, fissuras, pouco leite e etc.

Já a americana Tabitha Frost, de 29 anos, passa pelo outro lado da moeda: ela tem síndrome de hiperlactação, um fenômeno raro que faz com que produza três vezes mais leite do que a média para uma lactante.

Por isso, ela decidiu doar a outras mães o excedente que não é consumido pela sua filha Cleo, de 8 meses. Em entrevista ao jornal britânico “The Independent”, a mãe estimou que produza quase 2,7 L de leite por dia, mas apenas 740 L alimentam a pequena.

Ou seja, nos últimos oito meses, ela doou cerca de 450 L, segundo ela, através de uma empresa americana chamada “Prolacta”, que processa leite para que ele possa ser encaminhado, sem micro-organismos, a bancos e mães necessitadas.

Para evitar que seus ductos fiquem obstruídos, Tabitha conta que tem que ordenhar a cada três horas. Ela diz que até mesmo a enfermeira que a acompanhou durante as primeiras mamadas de Cleo, ainda no hospital, se surpreendeu com a abundância do leite que produz.

“Ela nunca havia visto tanto leite antes”, relembrou.

A mãe de três — Tabitha tem ainda Adelaide e Jaxon — precisa estar preparada para ordenhar a qualquer momento. “Minha rotina não para porque eu estou de férias, porque não me sinto bem ou dormi pouco. Sempre estou tirando leite”.

“Já ordenhei em shows, jogos de baseball, no carro, em museus. Pode dizer o lugar, eu provavelmente já tirei leite lá. Não deixo que a vida me atrapalhe. Já estive no meio de um encontro com o meu marido e tirei 15 minutinhos para continuar [ordenhando]”, revelou.

Fonte: UOL

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »