• qua. abr 17th, 2024

Linha da Natura diminui o impacto ambiental do descarte incorreto de plástico

Compartilhe Boas Notícias

Com uma pegada aquática, a linha Kaiak ajuda a combater a poluição nos oceanos.

A Natura, líder no mercado de perfumaria masculina no Brasil, relançou o perfume Kaiak com a maior peça plástica da embalagem feita com 50% de plástico reciclado retirado do litoral brasileiro. A atitude faz parte de uma iniciativa para reforçar seu compromisso com a sustentabilidade.

A ideia

Ao transformar resíduo plástico em matéria-prima nobre, a indústria e a cultura da reciclagem crescem. Quanto mais incentivos recebe a coleta de plásticos em áreas de risco, menos plástico chega ao oceano.

“Como empresa, temos o compromisso de erradicar a poluição e o desperdício causado por esse material. Adotando plástico reciclado em parte da embalagem de Kaiak, Kaiak Oceano e Kaiak Aventura, queremos despertar a consciência para o problema do lixo plástico nos oceanos”, afirma Fernanda Watanuki, da área de embalagens da Natura.

Foto: Natura

Como são feitas: as cooperativas de cidades litorâneas, parceiras da Natura, recolhem os resíduos, impedindo que cheguem até os oceanos e os enviam para uma das empresas parceiras, que atua na reciclagem de plástico. O material pós-uso é então transformado em matéria-prima para a composição das tampas de Kaiak, Kaiak Pulso e Kaiak Aventura. A empresa afirma que, em um ano, serão 102 toneladas de plástico reaproveitado em nossos produtos.

Até o momento, com as iniciativas de circularidade de Kaiak, foram fomentadas mais de 23 toneladas de plástico reciclado, o que equivale a 11, 6 milhões de tampinhas de garrafas PET. Ainda, foi evitada a emissão de 39,5 toneladas de CO2 na atmosfera.

Não para por aí!

A fim de minimizar ainda mais o impacto ambiental do produto, optamos também por selar a caixa da embalagem de Kaiak Oceano sem a utilização de filme plástico descartável. A ação tem como propósito aumentar a conscientização e encorajar mais gente a tomar atitudes contra a poluição do meio ambiente.

“Pretendemos também eliminar o máximo possível de plástico de outras linhas e migrar de modelos de uso único para os de reuso. Temos como meta inovar para garantir que 100% das embalagens plásticas possam ser reutilizadas, recicladas ou compostadas com facilidade e segurança até 2025, além de fazer circular o plástico produzido, aumentando consideravelmente a quantidade de materiais reutilizados, reciclados e/ou transformados em novas embalagens ou produtos”, finaliza Fernanda.

Fontes: Natura | Fashion Network

Fonte

Leia mais notícias sobre Meio Ambiente clicando aqui

Loading