• 12 de agosto de 2022 17:58

Central energética alimentada a óleo de cozinha em Londres

nov 13, 2020
Compartilhe Boas Notícias

Estudos dizem que Londres gasta mais de €1,25 milhões ou R$3,8 milhões por mês para limpar os esgotos da cidade devido a entupimentos causados por gorduras acumuladas dos óleos de cozinha. Em média, o esgoto entupia 40 mil vezes por ano!

Por esta razão, em 2013 a empresa que concessionava os serviços de saneamento e água da capital inglesa, a Thames Water, resolveu tomar uma atitude para reverter essa situação: construir a maior central de energia movida à gordura do mundo.

O custo do empreendimento foi de aproximadamente de 88 milhões de Euros e 267 milhões de Reais e promete fornecer à cidade 130 GWh por ano de energia renovável, o suficiente para abastecer 40 mil casas.

A matéria-prima da central será proveniente de restaurantes e empresas do ramo alimentício, com uma média de 30 toneladas de óleo de cozinha usado por dia.

fritar-batatas-c3b3leo-usado-central-energia-3455122

Essa quantidade será responsável por mais da metade do combustível necessário para o funcionamento da central. O restante virá de resíduos de óleo vegetal e gordura animal.

O óleo usado pode ser aproveitado para fazer biodiesel, sabonetes ou até mesmo velas! Ao reutilizar ou reciclar os óleos vegetais estamos a conservar as tubagens, a manter limpos os nossos rios e os solos e manter também o bom funcionamento das ETAR’s.

Em Portugal já existem pontos de recolha deste resíduo por todo o país.

Soubemos desta nova central energética através do site Green Nation

Fonte: https://noctulachannel.com/central-energetica-oleo-thames-water/

Se curte nosso conteúdo, considere nos ajudar a manter o nosso trabalho diário no ar e continuar levando boas notícias a todos, através do https://mla.bs/d8cdcb20 😊

#jornaldeboasnoticias #boasnoticias #noticiaboa #goodnews #boasacoes #esperança #bonsexemplos #fazerobem #boanoticia #noticiapositiva

 39 Total Visualizações,  1 Visualizações Hoje