Empresária viaja mais de cinco horas para doar sangue após ver post em rede social

Zahrah Carolina Bravo veio de Paracambi, interior do Rio de Janeiro, que fica a 473 quilômetros do município de Cachoeiro de Itapemirim, para doação.

Depois de ver uma publicação em uma rede social de que uma senhora precisava de doações de sangue e nenhuma havia sido feita até então, uma moradora do interior do Estado do Rio de Janeiro viajou, na ultima quarta-feira (13) mais de cinco horas para atender ao apelo, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado.

Profissional liberal e dona de uma microempresa, Zahrah Carolina Bravo, de 36 anos, é moradora de Paracambi, que fica a 473 quilômetros do município do Sul do Estado do Espírito Santo. Ela conta que viu uma publicação em uma rede social em fevereiro.

A campanha era para uma paciente hospitalizada no Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (Heci) com problemas cardíacos que necessitava operar, mas com o número de plaquetas baixo precisaria de doações de sangue. “Vi a publicação no Facebook. Sabem aquelas coisas que aparecem para você curtir e nem sabe de onde veio? Aquilo tocou meu coração. Dizia que até o momento não havia nenhuma doação”, conta.

Com o endereço do banco de sangue do Heci e o nome da paciente em mãos, a microempresária viria com um grupo de três amigos de carro, porém, o automóvel apresentou um problema. “Vim sozinha, de ônibus, pois quis cumprir minha palavra que ajudaria. Sou doadora de sangue há 10 anos no Rio de Janeiro. Eu me sensibilizo muito com isso”, revela.

Zahrah Carolina Bravo, que nunca havia visitado Cachoeiro de Itapemirim, chegou nesta quarta-feira pela manhã e realizou a doação em poucos minutos. “Volto com dever cumprido e também feliz ter ajudado um ser humano”, contou a microempresária, que aproveitou a viagem para visitar a casa do cantor Roberto Carlos.

Bancos de sangue em Cachoeiro

Hospital Evangélico

De segunda a sexta- feira de 07h às 16h. Aos sábados de 07h às 11h

Tel. 28 3526 6232

Santa Casa de Misericórdia

Funciona de segunda a sexta das 7h às 16h e sábado das 7h às 11h. Tel: 2101-2123

Fonte: Gazeta Online

 

Se você quer receber atualizações sobre este tema ou outros de nossa página, inscreva-se abaixo:
Receba boas notícias em seu Email


Translate »